sexta-feira, 24 de março de 2017

Ponte destruída em povoado de São Desidério coloca vida de crianças em risco


Por Tony Silva | Fotos: Reprodução / Sigi Vilares
As dificuldades de acesso a educação enfrentadas por crianças e jovens de diversas cidades brasileiras já não é mais novidade. Desde transportes precários, falta de merenda escolar e até a falta de professores e de escolas. No povoado de Fazenda Beira Rio, no município de São Desidério, no extremo oeste baiano, a escola está fechada. As crianças enfrentam uma ponte destruída e após sobreviver a eminente queda no Rio Grande, um dos maiores do oeste da Bahia, elas pegam o transporte escolar na cidade para ter acesso a unidade de ensino no povoado de Palmeiral.
Segundo um dos moradores que preferiu não ser identificado, há quatro anos o estado de conservação da ponte vem piorando sem nenhuma manutenção e a comunidade da Fazenda Beira Rio precisa fazer a travessia para levar crianças à escola, para ir ao posto médico e todas outras necessidades que só podem ser atendidas em São Desidério. Ainda conforme o morador, a prefeitura prometeu uma nova ponte, mas até o momento nada foi resolvido.
A reportagem do Bocão News tentou contato com a prefeitura de São Desidério, mas não teve as ligações atendidas ou retornadas.  
Postar um comentário