sábado, 14 de janeiro de 2017

Líder de massacre em presídio de Roraima está desaparecido

Foto: Reprodução / TV Globo

Um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) e acusado de comandar o maior massacre de presos da história de Roraima está desaparecido. Adeilson Eliotério dos Santos, conhecido como Pato, estaria preso na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, onde uma chacina matou 33 presidiários no último dia 6 de janeiro. Ele não foi localizado dentro da unidade de segurança o quando o Ministério da Justiça autorizou a transferência de dez presos do PCC para um presídio federal. A Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejuc) investiga o caso. Como não foram registradas fugas, existe a suspeita que Adeilson tenha sido assassinado dentro do presídio, por causa do massacre do dia 6.
Postar um comentário