sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Operação prende 13 suspeitos de homicídios e tráfico de drogas em Camaçari


Redação Bocão News | Fotos: Divulgação / SSP-BA
Uma operação da Polícia Militar prendeu 13 criminosos na cidade de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, na noite de quinta-feira (1º). De acordo com a polícia, a "Operação Hipertensão" tem como principal objetivo desarticular a organização criminosa liderada por Raimundo Borges dos Reis, o 'Capenga', capturado em setembro deste ano, na cidade de Sorocaba, São Paulo.
 
Durante a ação, foram presos, Blaiane dos Santos dos Reis, 18 anos, Luciana Conceição dos Santos Souza, 39, Adriano Santos da Silva, 28, Drianderson Silva de Punho, 23, Luan da Conceição Teixeira, 26, Joaldo dos Anjos Pitangueira, 29, Walney Conceição Souza, 44, Eric dos Santos Cavalcanti, 21, Lindinaldo Camara Bispo, 34, Luciano Bispo Leão, 26, Átila Ribeiro dos Santos, 25, Ataílson Soares de Jesus, 24. Ainda segundo a polícia, todos possuíam mandados de prisão expedidos, por homícidios, tráfico de drogas e roubos. 
 
 
 
Na operação, foram apreendidos 35kg de maconha, 2kg de cocaína e pouco mais de 1kg de crack. Além das equipes da 18ª DT participaram também da operação representantes da 4ª Delegacia de Homicídios (Camaçari), da 26ª DT (Vila de Abrantes), da Coordenação de Operações Especiais (COE) da PC, além de militares do 12º BPM (Camaçari) e da 59ª CIPM (Vila de Abrantes).

POLICIAL: PM REALIZA ASSEMBLEIA GERAL DA CATEGORIA HOJE NA BAHIA


Os policiais militares do Estado da Bahia realizam, na tarde de hoje, 02 de dezembro, às 15 horas, no Ginásio dos Bancários, assembleia da categoria. O objetivo é discutir os seguintes pontos:

Pauta

* Reajuste salarial de 2016;
* Volta do financiamento da Conder;
* Cumprimento do acordo e pagamento da gap 04 e 05 a TODOS policiais de forma automática;
* Cumprimento do acordo firmado em 2014 com a categoria. Entre eles a regulamentação do artigo 92, no qual consta o pagamento do adicional de periculosidade e do auxílio transporte; plano de carreira dos praças, reajuste do auxílio alimentação;
* Aprovação do código de ética.
* Anistia dos policiais que participaram do movimento reivindicatório em 2012 e 2014.
* Cumprimento da lei de anistia federal aprovada pelo congresso.
* Aprovação da reforma do estatuto da PM que esta na casa civil do governo.
* 25 anos das policiais femininas.

ASPRA - BA

EMPREGO: OPORTUNIDADE DE EMPREGO EM BONFIM


O SINEBAHIA/SAC – Sr. do Bonfim está selecionando candidatos à vaga de:

 Recepcionista Atendente

Portador de Necessidades Especiais.

 Cabeleireiro Escovista

Experiência na área .

 Padeiro / Confeiteiro

Ensino Médio Completo;
Experiência na área.

INOVAÇÃO: CERVEJA ARTESANAL DE UMBU É RECEITA DE JOVEM BAIANO DA COMUNIDADE RURAL DE UAUÁ


O umbuzeiro, árvore da caatinga que deu de beber a Antônio Conselheiro agora dá cerveja e chega à primeira edição do Bahia Rural Contemporânea, realizada simultaneamente com a 29ª Feira Internacional da Agropecuária (FENAGRO), trazendo uma grande novidade para o público se deliciar, a Cervejaria Artesanal de Umbu.

Na Cervejaria Artesanal de Umbu, os visitantes tem a oportunidade de adquirir, degustar, além de conhecer o processo de produção artesanal da Saison Umbu, da Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), localizada no município de Uauá, semiárido baiano.

O responsável por um dos maiores destaques do Bahia Rural Contemporânea é o jovem cervejeiro da comunidade tradicional Serra da Besta, município de uauá, Emanuel Messias Almeida. Ele conta que a primeira vez que a cerveja foi fabricada, a cooperativa forneceu somente a polpa. “Não nos contentamos em apenas fornecer a matéria-prima, queríamos mais e buscamos outras alternativas”.

Emanuel se capacitou participando de cursos sobre o tema. “Aprendi sobre a cerveja artesanal e o processo de fabricação. Saí de uauá com a missão de desenvolver a receita de umbu, com estilo saison, e voltei com a missão cumprida. Hoje a cerveja tem matéria-prima e essência baiana”.


Até o dia 4 de dezembro, no Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador, os visitantes da Cervejaria vão conferir um pequeno espaço de demonstração das agroindústrias da agricultura familiar, que estão sendo implantadas pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) no interior do estado.

Promovido pela SDR, o Bahia Rural Contemporânea vai abrigar, em um mesmo espaço, a VII Feira Baiana da Agricultura Familiar, Economia Solidária e Reforma Agrária (VII FEBAFES), a Feira Tecnológica e o Salão dos Territórios de Identidade da Bahia.

Karoline Meira

“Vivendo um pesadelo”, diz professora espancada por mãe de aluno

A professora acusada pela mãe de um aluno de ter agredido o filho dela dentro de uma creche de Praia Grande, no litoral de São Paulo, se defendeu da denúncia. A docente, que também foi agredida pela mulher e prefere não se identificar por medo, afirmou ao G1 que está sofrendo ameaças e que, em 15 anos como profissional da rede pública, nunca “encostou ou agrediu uma criança” e que tem um histórico limpo. A polícia está investigando o caso.
Assustada com a repercussão do caso, a docente falou ainda que trabalha há cerca de um ano na Escola Municipal Professora Esmeralda dos Santos Novaes, que fica no bairro Jardim Quietude, onde aconteceu a confusão, e sempre recebeu elogios de vários pais justamente por tratar os alunos com carinho.
(Foto: Luna Oliva / G1)
(Foto: Luna Oliva / G1)
“Eu estou vivendo um pesadelo. Uma mulher invadiu a minha sala de aula e começou a me agredir. Agora estou sofrendo várias ameaças. A minha vida virou de cabeça para baixo. Estou com muito medo e assustada. Eu ia tirar férias agora em dezembro e antecipei para o dia 23 de novembro por causa desse problema”, conta.
A mãe do garoto, Amanda Barros, já tinha confirmado ao G1 que agrediu a professora depois de, segundo ela, ter flagrado a docente dando uma chinelada no filho dela.
Defesa
Escola Municipal Prof Esmeralda dos Santos Novaes (Foto: Reprodução/Google Street View)
Escola Municipal Prof Esmeralda dos Santos
Novaes (Foto: Reprodução/Google Street View)
A professora deu sua versão do fato e conta que já solicitou à Secretaria de Educação do município que a troque de creche, devido às sucessivas ameaças que vem sofrendo. Ela descreve ainda que no momento que a mãe invadiu sua sala, ela e as outras professoras estavam arrumando as crianças para a hora da saída e afirma que em nenhum momento agrediu qualquer criança.
“Eu peguei dois chinelinhos das próprias crianças que estavam no chão e bati um contra o outro, fazendo barulho, para eles sentarem e se arrumarem para a hora de ir embora. Em nenhum momento eu usei o chinelo para bater em alguma criança. O filho dessa mulher estava com a turma da frente, longe de mim, inclusive”, explica.
Em sua defesa, a docente afirma ainda que outras cinco atendentes que estavam na mesma sala no momento da confusão viram e são testemunhas que ela em nenhum momento agiu de maneira errada e que a mãe está inventando uma história sem motivo. “Eu já fiz exame de corpo de delito, já que ela me deu murros no ombro. Não paro de sofrer ameaças pela internet, inclusive da filha dela, que é uma adolescente de 14 anos. É uma situação horrível”, finaliza.
menino__bRetaliação
A dona de casa Amanda Barros confessou, em entrevista ao G1, que realmente agrediu a professora. De acordo com ela, porém, isso aconteceu ao ir buscar o filho, de apenas dois anos, mais cedo na creche e ver a professora agredindo a criança com chineladas.
O caso aconteceu no último dia 22 de novembro. Em nota, a Secretaria de Educação de Praia Grande (Seduc) afirmou que já tomou conhecimento do caso e que deu início a um processo para apurar o que realmente aconteceu.
“A diretora autorizou a minha entrada na escola. Eu precisava pegar o meu filho mais cedo porque tinha um compromisso em Santos. Logo que abri a porta da sala de aula, ela deu duas ‘chineladas’ em uma criança. Na hora eu já me assustei, mas ainda não tinha percebido que era meu filho. Quando vi que era ele, fiquei louca”, revela Amanda.

A mãe do menino afirma que, após flagrar a agressão ‘partiu para cima’ da professora e deu vários tapas na cuidadora. “Eu entrei na sala com o meu outro filho, que tem três anos. Quando eu a vi batendo na criança, fiquei com muita raiva, fui pra cima dela mesmo. Sai do meu normal, foi um momento de muito nervoso pra mim. Só de contar a história começo a tremer”, descreve.

Conmebol vai declarar Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana

A Chapecoense será declarada campeã da Copa Sul-Americana 2016. A Conmebol já tomou a decisão, mas não a anuncia ainda por dois motivos.
  1. 1) Não quer tratar publicamente do assunto porque avalia que ainda não é o momento adequado para tratar de assuntos esportivos ou administrativos;
  2. 2) Precisa resolver a burocracia necessária, como submeter a decisão ao Conselho da Conmebol (antigo Comitê Executivo) que só volta a se reunir em 21 de dezembro.
Fontes ouvidas pelo GloboEsporte na Conmebol, na CBF e na Fifa não acreditam que poderá haver oposição a essa ideia, por isso a tratam como um fato consolidado. Desta maneira, a Chapecoense estará automaticamente garantida na fase de grupos da Copa Libertadores de 2017, assim como na decisão da Recopa – título que vai decidir contra o Atlético Nacional de Medellín. O clube colombiano seria o rival da Chape na decisão da Copa Sul-Americana que nunca foi disputada. O Nacional de Medellín pediu publicamente para a Conmebol declarar a Chape campeã. Será atendido.

Corpos das vítimas do acidente na Colômbia chegam ao Brasil na manhã de sábado



Os corpos dos brasileiros que morreram no acidente aéreo da última terça-feira (29) na Colômbia devem chegar a Chapecó na manhã de sábado (3). O itinerário do vôo que vai transportar as vítimas da tragédia foi divulgado hoje (1º) pelo Ministério das Relações Exteriores. A decolagem de Medellín está prevista para amanhã (2), às 19h, pelo horário de Brasília. O avião deve voar por quatro horas e meia até Manaus, onde fará uma parada técnica para abastecimento. De lá, o avião segue por mais seis horas até a cidade catarinense. A viagem terá uma duração total de 12 horas, contando com o tempo de parada para abastecimento. Assim, a previsão é de que a aeronave pouse no aeroporto de Chapecó às 7h da manhã de sábado. Segundo confirmou hoje o Palácio do Planalto, o presidente da República Michel Temer vai acompanhar a chegada dos corpos das vítimas. Ele deve participar de uma cerimônia no aeroporto da cidade catarinense, mas não irá ao velório coletivo na Arena Condá. Veja mais informações sobre o acidente com a Chapecoense. (AgenciaBrasil)