sábado, 29 de julho de 2017

Sr do Bonfim: Casal acusado de matar vendedor de cesta básica por dívida de 80 reais, vai enfrentar o júri popular


Daniel de Castro Alencar

O casal acusado da morte de Daniel, em 2016, enfrentará o júri popular. Na época do crime, o caso ganhou ampla divulgação no estado. O fato foi registrado entre os povoados de Caatinguinha e Itapicurú.

Júri acontecerá na próxima terça-feira(01),em Senhor do Bonfim. Dr Pedro Cordeiro, será o advogado de defesa de Elionai.


Entenda o caso e relembre:

Casal é preso acusado de matar vendedor de cestas básicas por causa de R$ 80

Crime foi motivado devido a uma cobrança de dívida que Elionai fez com o vendedor
Divulgação/Polícia Civil

Casal será encaminhado para o sistema prisional de Senhor do Bonfim onde ficará custodiado
Uma dívida de R$ 80 serviu de motivo para o casal João Carlos dos Santos Ferreira e Elionai da Silva Antídio  a assassinar a facadas o vendedor de cestas básicas Daniel de Castro Alencar. O crime ocorreu no dia 29 de Julho, em Senhor do Bonfim, na zona rural.
João Carlos e Elionai, que tinham mandados de prisão preventiva em aberto pelo crime, foram presos na última sexta-feira (2), na cidade de Prata, em Minas Gerais, para onde fugiram depois do crime. Segundo o delegado Leonardo Virgílio Monteiro, durante as investigações da DT (Delegacia Territorial) de Senhor do Bonfim, a polícia descobriu que o casal estava escondido na cidade mineira e solicitou auxílio da Polícia Civil daquele Estado para cumprir os mandados.
Dívida 
De acordo com a polícia, Elionai adquiriu uma das cestas básicas vendidas por Daniel e passou a ser cobrada pelo vendedor. Alegando que iriam quitar a dívida, o casal convidou a vítima para uma conversa e cometeu o crime. Eles estão presos na delegacia de Prata, em Minas, aguardando serem encaminhados para Senhor do Bonfim, onde ficarão custodiados a disposição da Justiça.

Juazeiro BA – Acidente com viatura da 73 CIPM no bairro Centenário

Informações dão conta de um acidente envolvendo uma viatura do PETO 73, ocorrido nesta noite, no bairro Centenário em Juazeiro BA, na ocorrência constatava um PM ferido que foi socorrido ao Hospital pelo SAMU, não há informações sobre o seu estado de saúde. 

Matéria 
Em perseguição a suspeitos viatura da 73º CIPM se choca em muro de condomínio e policiais se ferem gravemente em Juazeiro

Por volta das 23hs dessa sexta-feira (28) uma viatura da 73ºCIPM quando em perseguição a elementos em uma motocicleta se chocou com o muro do Condomínio Park Centenário no bairro Jardim Novo Encontro na cidade de Juazeiro Bahia.

Policiais que estavam na viatura ficaram bastante machucados, segundo informações colhidas no local um fraturou o braço e o outro teve um grande corte na cabeça. O samu foi acionado e chegou logo em seguida fazendo os primeiros socorros e encaminhando os guerreiros para uma unidade de saúde.

O acidente ocorreu na entrada do condomínio onde em um cruzamento existe muita areia que já causou diversos acidentes. No local estava as marcas da frenagem da viatura. A pericia foi até o local e deve emitir o laudo em breve.

Os meliantes que evadiram para dentro do condomínio foram capturados. Ainda segundo informações um dos capturados é sobrinho de um figura publica da cidade

O estado de saúde dos policiais ainda é desconhecido.

Coorpin de Senhor do Bonfim divulga dois retratos falados de suspeitos de assassinato


A 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e a 1ª Delegacia Territorial (DT), ambas de Senhor do Bonfim, divulgaram, nesta sexta-feira (28), os retratos falados de dois suspeitos de matarem Edmilson Ribeiro Souza, crime ocorrido em agosto do ano passado.

Segundo apurou a polícia, ambos são andarilhos, faziam malabares e truques de mágica nos cruzamentos com sinais de trânsito, e foram vistos bebendo com a vítima, antes do crime. Os desenhos foram confeccionados com base no relato de testemunhas.
Um deles é negro, aparenta idade entre 35 e 40 anos, magro, olhos castanhos escuros, bigode, altura presumida de 1,70 centímetro e diversas tatuagens, a principal delas nas costas, com a inscrição Nirvana. Tinha cabelos encaracolados e sotaque regional.
O outro é pardo, aparenta ter entre 45 e 50 anos de idade, tem olhos castanhos claros, bigode ralo, barba rala embaixo do queixo, altura presumida de 1,72 cm. e compleição física médio. Possui testa avantajada, cabelos encaracolados, inchaço e ferimentos no rosto.
A polícia apurou também que os dois estariam de passagem pela cidade de Senhor do Bonfim. Mantinha contato com as testemunhas e a vitima, ocasiões em que consumiam bebida alcoólica. Os dois foram vistos momentos antes do crime na companhia da vítima e, depois disso, desapareceram da cidade sem deixar pistas, levando dinheiro e um aparelho celular pertencentes à vitima.
A Coorpin de Senhor do Bonfim pede que qualquer informação sobre o paradeiro dos criminosos seja denunciada por meio do Serviço de Inteligência da unidade, no telefone (74) 3542 – 1794. O anonimato é garantido. O retrato falado foi confeccionado Departamento de Policia Técnica (DPT) de Senhor do Bonfim-BA

‘Sempre acreditei’, diz ex-doméstica que passou na OAB prestes a se formar em Direito na Bahia

Advogada de 30 anos lembra que era humilhada por patrões e quis mudar de vida. Contou ainda que gosta de desafios, o que a motivou a persistir.


A esperança de transformar a vida profissional fez com que a advogada Maria Aloísia Jesus dos Santos, de 30 anos, conciliasse o trabalho de doméstica, que conhece desde a infância, com a faculdade de Direito. Mesmo sem qualquer incentivo familiar para estudar, a jovem da zona rural de Valença, no Baixo Sul da Bahia, não desistiu do sonho. Ela, que mora em Salvador, jamais perdeu uma matéria no período da graduação, e após cinco anos, tempo do curso de Direito, conquistou a tão sonhada formatura na quarta-feira (26).
Aluna dedicada, após madrugadas em claro, Maria estreou no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em fevereiro deste ano, e foi aprovada. Ela conta que intensificou os estudos quando soube que poderia fazer o exame antes mesmo de se formar.“Criei uma meta, comprei vários cadernos e comecei a estudar nas madrugadas”, revelou. Apesar da conclusão do curso de Direito e da realização profissional, o sonho dela não para. O desejo da advogada é ser juíza.
Sobre a escolha da profissão, Maria conta que teve uma ajuda de testes vocacionais, mas o que contou mesmo foi saber que poderia ajudar as pessoas através da carreira que decidiu seguir. “O Direito é uma profissão bonita, eu vou servir à sociedade e nela [a carreira] vi exemplos de mulheres que me motivaram, como Luislinda Valois, que foi a primeira juíza negra do país. Se ela conseguiu, por que eu não conseguiria também?”, argumenta.
Maria Aloísia percorreu um longo caminho de estudo e superação. Aos 17 anos, ela não havia concluído nem o ensino fundamental. Além disso, a jovem não tinha tempo para estudar, nem dinheiro para pagar a mensalidade de uma faculdade particular, mas mesmo assim, passou a trilhar o caminho do estudo.
Determinação foi essencial para ela alcançar os objetivos. Segundo conta, os obstáculos que iria enfrentar para chegar à faculdade foram a base da motivação.
O advogado, professor e coordenador do curso de Direito da faculdade onde Maria estudou, Vinícius Maia, relata que a colega de profissão era muito dedicada às aulas no período guaduação, além de ser concentrada e bastante determinada. “Sempre tem o aluno com o “caderno da salvação” aquele que copia tudo e os colegas correm para tirar cópia perto das provas. Assim era Maria Aloísia, que sempre ajudava seus colegas”, contou.
Ele destacou que a determinação dela era o que mais o supreendia. “Mesmo diante das adversidades, ela não abandonou seus objetivos, pois tinha convição de que o estudo não era apenas uma opção, mas o único caminho para que sua vida fosse realmente mudada. Histórias como a de Aloísia alimentam nossa alma como educadores”, concluiu Vinícius.
O advogado, professor e coordenador do curso de Direito da faculdade onde Maria estudou, Vinícius Maia, relata que a colega de profissão era muito dedicada às aulas no período guaduação, além de ser concentrada e bastante determinada. “Sempre tem o aluno com o “caderno da salvação” aquele que copia tudo e os colegas correm para tirar cópia perto das provas. Assim era Maria Aloísia, que sempre ajudava seus colegas”, contou.
Ele destacou que a determinação dela era o que mais o supreendia. “Mesmo diante das adversidades, ela não abandonou seus objetivos, pois tinha convição de que o estudo não era apenas uma opção, mas o único caminho para que sua vida fosse realmente mudada. Histórias como a de Aloísia alimentam nossa alma como educadores”, concluiu Vinícius.
G1bahia

Aposta de Quijingue entre as ganhadoras da Lotofácil desta sexta-feira

Além da aposta de Quijingue teve ganhador (a) de Belo Horizonte, Santo André (SP) e São Paulo capital e cada uma irá receber R$ 453.023,02.

Uma aposta realizada na cidade de Quijingue, no Território do Sisal da Bahia está entre as quatro ganhadoras do Concurso 1543 da Lotofácil, cujo sorteio aconteceu na noite desta sexta-feira, 28, no caminhão da sorte, em Rio Branco capital do Acre.
Além da aposta de Quijingue teve ganhador (a) de Belo Horizonte, Santo André (SP) e São Paulo capital que acertaram as 15 dezenas e vão receber cada uma a quantia de R$ R$ 453.023,02.
Dezenas sorteadas: 01 02 06 07 08 09 12 13 15 17 19 20 23 24 25 
14 acertos teve 440 apostas e cada uma irá receber R$ R$ 1.810,28
13 acertos 15 626 apostas ganhadoras, R$ 20,00
12 acertos 181 790 apostas premiadas, R$ 8,00
11 acertos 981 572 apostas que vão receber R$ 4,00

SALVADOR: MULHER OUVE TIROS, VAI PARA VARANDA DE CASA E ACABA MORTA EM SÃO GONÇALO


Uma mulher foi morta a tiros em uma localidade conhecida como Baixinha de Santo Antônio, no bairro de São Gonçalo do Retiro, em Salvador, na tarde desta quinta-feira (27), por volta das 16h50, segundo o Centro Integrado de Comunicação da Secretaria da Segurança Pública (Cicom).
 
Segundo informações obtidas pelo BNews, a vítima, identificada como Irla da Silva Ferreira, 31 anos, ouviu barulho de tiros e foi para varanda de casa. Logo em seguida, acabou atingida por pelo menos três disparos no peito. Um áudio enviado para reportagem mostra o momento do fato, que, segundo a polícia, é tratado como homicídio.
 
A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O corpo foi encaminhado para o Departamento de Políca Técnica (DPT).

Durante assalto, grupo armado leva carro e equipamentos de músicos, próximo a comunidade das Cancelas, em Baixa Grande

Na noite desta quinta-feira, 27 de Julho de 2017, por volta das 23 horas, músicos que retornavam da Chapada Diamantina, sofreram um assalto, nas imediações da comunidade das Cancela, município de Baixa Grande.

Segundo informações, quatros homens fortemente armados e com coletes a prova de balas, fecharam o veiculo e anunciaram o assalto.

Os assaltantes obrigaram os músicos a desviarem por um estrada vicinal, onde foi efetuado toda ação. Os elementos levaram um Fiat Uno, placa 6243, licença de Fortaleza-CE. Todos os instrumentos musicais da Banda Casa 1 e Boldo Produções.

Os músicos estiveram na delegacia de policia de Baixa Grande na manhã desta sexta-feira (28), para registrar uma queixa. 

Fonte: Veja Baixa Grande

Euclides da Cunha: Polícia encontra carro de taxista desaparecido

A Polícia Civil de Euclides da Cunha conseguiu localizar nesta sexta-feira (28) a VW Parati de placa NHX-1076 pertencente ao taxista euclidense José Dantas Abreu (Dedé da D20) que está desaparecido desde o dia 1° de Julho.
De acordo com informações, o carro foi localizado no município de Águas Belas, no estado de Pernambuco. Após operação policial realizada pelo delegado titular e por agentes da 25ª Coorpin, os policiais conseguiram identificar um homem que teria adquirido o veículo e estava com o mesmo no estado vizinho.
Encontrar o carro em que seu Dedé da D20 estava no dia do desaparecimento, foi um importante passo para que a polícia que intensificou ainda mais as investigações nos últimos dias possa desvendar o caso. O carro apreendido passará por perícia técnica na cidade Euclides da Cunha.
A família mantém viva as esperanças. Pede-se a quem souber de qualquer informação sobre o paradeiro do taxista, informar aos familiares pelo telefone celular (75) 9 9999-8608.