quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Homem é preso após esfaquear o próprio irmão até a morte no interior da Bahia

Um homem de 27 anos, identificado como Ronildo Almeida Santos, foi morto pelo próprio irmão, Regildo Almeida Santos, de 36 anos, no distrito de Gabiarra, em Eunápolis no sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu na noite de terça-feira (31) após uma briga entre os irmãos. Depois do crime, Regildo fugiu, mas foi encontrado e preso nesta quarta-feira (1°). Ele está preso na delegacia de Eunápolis e pode ser transferido para o presídio do município.
A polícia ainda informou que outro irmão da vítima, Rogério Almeida Santos, relatou como ocorreu o crime. Ele disse que Regildo chegou na casa da mãe bêbado e quebrou objetos do imóvel. Ronildo, ao ver a situação, tentou conter o irmão e a briga começou. Durante a discussão, Regildo pegou uma faca e desferiu um golpe no irmão, na região do tórax.
Ronildo chegou a ser socorrido por vizinhos, mas não resistiu e morreu a caminho do hospital. De acordo com a polícia, depois de golpear o irmão, Regildo tentou fugir em um carro, mas faltou combustível e ele decidiu seguir a pé por um matagal. Contudo, foi achado pela polícia na manhã desta quarta-feira, de bicicleta, na ponte do distrito de Mundo Novo, sentido Eunápolis.

Senhor do Bonfim: Prisão por violência doméstica, tentativa de suicídio; veja o boletim do 6° BPM


6º BPM CONDUZ HOMEM À DELEGACIA POR PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO ALHEIO
Policiais da Companhia de emprego Tático Operacional – CETO, na noite de sábado, conduziu à Delegacia um homem por perturbação do sossego alheio.
Por volta das 20 horas, policiais da CETO realizavam ronda no bairro da Gamboa, quando perceberam que um veículo, parado em frente a uma residência, pertencente a um homem, de 25 anos, estava com o som, extremamente, alto, em virtude disso, os policiais apreenderam o som do veículo, além de uma arma branca (tipo facão).
Os policiais conduziram o homem, juntamente, com o material apreendido para a Delegacia de Policia Civil para a adoção das medidas cabíveis.
29/01/17 – Domingo
6º BPM CONDUZ HOMEM À DELEGACIA POR PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO ALHEIO E DESACATO
Policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional – CETO, na noite de domingo, conduziu à Delegacia um homem por perturbação do sossego alheio e desacato.
Por volta das 23h40, policiais da CETO realizavam ronda no distrito de Carrapichel, depararam-se com um veículo que estava com o volume de som, demasiadamente, elevado, ao abordarem o proprietário do veículo, um homem, de 26 anos, notificando-o do excesso do volume e pedindo-lhe que abaixasse o som, o homem disse que não iria diminuir o volume do som ou desligá-lo e passou a proferir palavras de baixo calão, em razão da atitude do homem, os policiais deram voz de prisão ao proprietário do veículo, em virtude de ter desobedecido e desacatado funcionário público no exercício da função e por estar perturbando o sossego alheio.
Os policiais conduziram o homem, juntamente, com o material apreendido para a Delegacia de Policia Civil onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência.
30/01/17 – Segunda-Feira
POLICIAIS DO 6º BPM EVITARAM SUICÍDIO
Policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional – CETO, na manhã de segunda-feira, conseguiram evitar que um homem cometesse suicídio.
Por volta das 10h30, policiais da CETO foram acionados pelo CICOM, sendo informados que uma pessoa de sexo masculino estava, segundo informações de populares, prestes a cometer suicídio atirando-se de cima da passarela situada na BR 407, na entrada do Bonfim I, prontamente, os policiais se deslocaram ao local, chegando lá, constataram a veracidade do fato, após mediarem a situação, conseguiram demover um homem, de 18 anos, da idéia de suicídio.
Os policiais conduziram o homem para o Hospital Regional D. Antonio Monteiro – HRDAM a fim de que recebesse cuidados médicos.
6º BPM APRESENTA HOMEM À DELEGACIA POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E AMEAÇA
Policiais da 1ª Companhia/Sr. do Bonfim, na tarde de segunda-feira, apresentaram à Delegacia um homem por violência doméstica e ameaça.
Por volta das 14h20, policiais da 1ª Companhia foram acionados pelo CICOM, a fim de averiguarem uma ocorrência policial na Praça Dr. José Gonçalves, ao chegarem ao local, verificaram a veracidade do fato, constatando que um homem, de 60 anos, havia agredido fisicamente sua ex-companheira, um mulher, de 35 anos, além de tê-la ameaçado.
Os policiais apresentaram o acusado e a vítima para a Delegacia de Policia Civil onde foi lavrado um Termo de Prisão em flagrante Delito.
6º BPM APRESENTA MENOR À DELEGACIA POR TRRÁFICO DE ENTORPECENTE
Policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional – CETO, na tarde de segunda-feira, apresentou à Delegacia um adolescente por tráfico de drogas.
Por volta das 16h40, policiais da CETO realizavam ronda pelo Bairro Brisas do Monte I, quando avistaram um adolescente, de 17 anos, em atitude suspeita, ao abordarem o menor, encontraram em sua posse uma pequena quantidade de erva, análoga a maconha.
Os policiais apresentaram o adolescente na Delegacia de Policia Civil onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência.
6º BPM APRESENTA MULHER À DELEGACIA POR VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇA
Policiais da 1ª Companhia/Sr. do Bonfim, na tarde de segunda-feira, apresentou à Delegacia uma mulher por violência contra criança.
Por volta das 17h50, policiais da 1ª Companhia foram acionados pelo CICOM, a fim de averiguarem uma ocorrência policial no bairro Monte Alegre II, ao chegarem ao local, verificaram a veracidade do fato, constatando que uma mulher, de 33 anos, havia agredido fisicamente seu filho, uma criança, de 8 anos, a qual, disse aos policiais que sua mãe havia tentado lhe enforcar, a criança apresentava hematoma no pescoço.
Os policiais apresentaram a acusada e a vítima na Delegacia de Policia Civil onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência.
Polícia Militar da Bahia
Sexto Batalhão de Polícia Militar
Seção de Comunicação Social



28/01/17 – Sábado
6º BPM CONDUZ HOMEM À DELEGACIA POR PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO ALHEIO
Policiais da Companhia de emprego Tático Operacional – CETO, na noite de sábado, conduziu à Delegacia um homem por perturbação do sossego alheio.
Por volta das 20 horas, policiais da CETO realizavam ronda no bairro da Gamboa, quando perceberam que um veículo, parado em frente a uma residência, pertencente a um homem, de 25 anos, estava com o som, extremamente, alto, em virtude disso, os policiais apreenderam o som do veículo, além de uma arma branca (tipo facão).
Os policiais conduziram o homem, juntamente, com o material apreendido para a Delegacia de Policia Civil para a adoção das medidas cabíveis.
29/01/17 – Domingo
6º BPM CONDUZ HOMEM À DELEGACIA POR PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO ALHEIO E DESACATO
Policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional – CETO, na noite de domingo, conduziu à Delegacia um homem por perturbação do sossego alheio e desacato.
Por volta das 23h40, policiais da CETO realizavam ronda no distrito de Carrapichel, depararam-se com um veículo que estava com o volume de som, demasiadamente, elevado, ao abordarem o proprietário do veículo, um homem, de 26 anos, notificando-o do excesso do volume e pedindo-lhe que abaixasse o som, o homem disse que não iria diminuir o volume do som ou desligá-lo e passou a proferir palavras de baixo calão, em razão da atitude do homem, os policiais deram voz de prisão ao proprietário do veículo, em virtude de ter desobedecido e desacatado funcionário público no exercício da função e por estar perturbando o sossego alheio.
Os policiais conduziram o homem, juntamente, com o material apreendido para a Delegacia de Policia Civil onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência.
30/01/17 – Segunda-Feira
POLICIAIS DO 6º BPM EVITARAM SUICÍDIO
Policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional – CETO, na manhã de segunda-feira, conseguiram evitar que um homem cometesse suicídio.
Por volta das 10h30, policiais da CETO foram acionados pelo CICOM, sendo informados que uma pessoa de sexo masculino estava, segundo informações de populares, prestes a cometer suicídio atirando-se de cima da passarela situada na BR 407, na entrada do Bonfim I, prontamente, os policiais se deslocaram ao local, chegando lá, constataram a veracidade do fato, após mediarem a situação, conseguiram demover um homem, de 18 anos, da idéia de suicídio.
Os policiais conduziram o homem para o Hospital Regional D. Antonio Monteiro – HRDAM a fim de que recebesse cuidados médicos.
6º BPM APRESENTA HOMEM À DELEGACIA POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E AMEAÇA
Policiais da 1ª Companhia/Sr. do Bonfim, na tarde de segunda-feira, apresentaram à Delegacia um homem por violência doméstica e ameaça.
Por volta das 14h20, policiais da 1ª Companhia foram acionados pelo CICOM, a fim de averiguarem uma ocorrência policial na Praça Dr. José Gonçalves, ao chegarem ao local, verificaram a veracidade do fato, constatando que um homem, de 60 anos, havia agredido fisicamente sua ex-companheira, um mulher, de 35 anos, além de tê-la ameaçado.
Os policiais apresentaram o acusado e a vítima para a Delegacia de Policia Civil onde foi lavrado um Termo de Prisão em flagrante Delito.
6º BPM APRESENTA MENOR À DELEGACIA POR TRRÁFICO DE ENTORPECENTE
Policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional – CETO, na tarde de segunda-feira, apresentou à Delegacia um adolescente por tráfico de drogas.
Por volta das 16h40, policiais da CETO realizavam ronda pelo Bairro Brisas do Monte I, quando avistaram um adolescente, de 17 anos, em atitude suspeita, ao abordarem o menor, encontraram em sua posse uma pequena quantidade de erva, análoga a maconha.
Os policiais apresentaram o adolescente na Delegacia de Policia Civil onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência.
6º BPM APRESENTA MULHER À DELEGACIA POR VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇA
Policiais da 1ª Companhia/Sr. do Bonfim, na tarde de segunda-feira, apresentou à Delegacia uma mulher por violência contra criança.
Por volta das 17h50, policiais da 1ª Companhia foram acionados pelo CICOM, a fim de averiguarem uma ocorrência policial no bairro Monte Alegre II, ao chegarem ao local, verificaram a veracidade do fato, constatando que uma mulher, de 33 anos, havia agredido fisicamente seu filho, uma criança, de 8 anos, a qual, disse aos policiais que sua mãe havia tentado lhe enforcar, a criança apresentava hematoma no pescoço.
Os policiais apresentaram a acusada e a vítima na Delegacia de Policia Civil onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência.
Polícia Militar da Bahia
Sexto Batalhão de Polícia Militar
Seção de Comunicação Social

HOMEM MORRE VITIMA DE ACIDENTE NA BR-324 NO POVOADO DE NOVA FÁTIMA



Por volta das 5h desta Terça-Feira (31) um acidente a cerca de 5 Km de Nova Fátima sentido Gavião, próximo das Cabaças na BR 324, ceifou a vida de Hermes Baldoino. No local do acidente estavam o corpo e a moto, o motorista e o veiculo envolvido no acidente não foi encontrado. De acordo com as informações colhidas no local do acidente, Hermes da Sorveteria como era conhecido, costumava levantar cedo todos os dias e ir para sua propriedade que fica próximo do local do acidente, e hoje aconteceu essa tragédia. O carro envolvido no acidente não foi identificado, uma caminhonete foi encontrada queimada na estrado vicinal próximo da Comunidade de  araçazinha, segundo informações, o veiculo foi incendiado por dois homens por volta das 5:30h, em seguida, os dois homens saíram andando rapidamente. Esta caminhonete pode está envolvida neste acidente,  mais isso só a Polícia vai dizer. O corpo de Hermes foi removido pela Polícia Técnica, uma viatura da Policia Rodoviária Federal esteve no local. Hermes era muito conhecido em Nova Fátima como um homem de bons exemplos, caráter e cidadão, Hermes é pai do professor Evangival.
A Polícia de Nova Fátima deve investigar o caso.

Grupo explode agências e incendeia veículo em ponte e na BR-101

 Agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal de Cachoeira, no Recôncavo, foram alvo de ataques na madrugada desta quarta-feira (1°). De acordo com informações da Delegacia Territorial, ao menos dez acusados participaram dos ataques. Na ação, que ocorreu por volta das 3h, os bandidos bloquearam as entradas da cidade. Eles chegaram a incendiar veículos na ponte Dom Pedro II, que liga a cidade a São Félix, e na pista da BR-101, que dá acesso ao município. Ainda segundo a Polícia, via Voz da Bahia, o grupo entrou na cidade atirando, antes de detonar explosivos nas duas agências, que ficam localizadas na Rua J.J. Seabra. Ainda não há informações de quantia levada nem do paradeiro da quadrilha. Também não há relatos de feridos. BN

CIGANO EXECUTADO EM GUANAMBI ESTAVA COM MAIS DE R$ 7 MILHÕES DENTRO DE CARRO


O cigano Salvador Oliveira Dourado, mais conhecido como Marcílio Cigano, foi assassinado na segunda-feira (30), na BR-030, em Guanambi. Com ele, foram encontrados R$ 7.211.891,22 em notas promissórias e R$ 368 mil em folhas de cheque, além de um revólver. De acordo com o Farol da Cidade, a polícia já identificou os dois elementos acusados de terem participado da execução: Tiago Rodrigues de Souza, de Espinosa (Minas Gerais), e Daniel Soares dos Reis, de Belo Horizonte (Minas Gerais). O terceiro elemento, Jumar Alves Cerqueira de Brito, morreu durante uma troca de tiros com a polícia, e o quarto elemento está foragido. No veículo que se envolveu em um acidente durante a fuga, a polícia encontrou uma carabina calibre 38, uma mochila, alguns documentos, cheques e notas promissórias. Também foi apreendido um revolver calibre 38 em poder do elemento que morreu na troca de tiros com policiais.

MINISTÉRIO PÚBLICO RECUPERA R$ 3,3 MILHÕES EM IMPOSTOS ATRASADOS APÓS ACORDO EM CONQUISTA


A interiorização do combate à sonegação fiscal feita pelo Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira) resultou na restituição de R$ 3,3 milhões aos cofres públicos, correspondentes a impostos devidos ao Estado por uma indústria sediada no sudoeste baiano. O pagamento da dívida foi realizado após oitiva conduzida pelo Ministério Público estadual. A quitação dos débitos é a primeira na região desde que uma unidade operacional do Cira foi inaugurada em Vitória da Conquista, em outubro do ano passado. O promotor de Justiça Anderson Cerqueira, que coordena o escritório do comitê no município, explicou que o alvo do Cira são os devedores de impostos estaduais com dívidas fiscais associadas a crimes contra a ordem tributária. “A grande visibilidade trazida pelo Cira para o combate à sonegação está estimulando as empresas devedoras do fisco a nos procurarem para negociar a regularização de seus débitos. Estamos convocando para oitivas os contribuintes com débitos mais relevantes nas regiões Sul, Sudoeste e Oeste do estado. Durante as oitivas com esses devedores, é informada a possibilidade de conciliação”, afirmou.

EX-PREFEITO SE ESCONDE EM FORRO DE CASA PARA FUGIR DA POLÍCIA; VEJA

Para fugir da polícia, o ex-prefeito de Piên, na Região Metropolitana de Curitiba, Gilberto Dranka, se escondeu no forro da mansão em que mora. Um vídeo da Polícia Civil mostra o momento em que o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) encontra o político, na manhã desta terça-feira (31). Segundo o G1, ele foi preso em seguida, suspeito de envolvimento na morte do prefeito eleito Loir Dreveck (PMDB). A vítima foi baleada por um motociclista em dezembro de 2016, quando viajava com a família para Santa Catarina. Dreveck chegou a ser internado, mas morreu três dias depois. A Polícia Civil não divulgou a motivação do crime. A assessoria de imprensa informou que por enquanto a Prefeitura de Piên não vai se pronunciar sobre o caso e que ainda está acompanhando os resultados e desdobramentos da investigação.

‘É muito difícil enterrar um filho sem a cabeça’, diz mãe de detento degolado em Alcaçuz



Famílias aguardam liberação dos corpos no Itep
Famílias aguardam liberação dos corpos no Itep (Foto: Sumaia Villela/Agência Brasil)
Cansada e desgastada, a dona de casa Eliene Pereira, 45 anos, de Santa Cruz, município a cerca de 120 km de Natal, enterrou o corpo do filho no dia 20 de janeiro. Ela precisou ir à capital potiguar por três dias seguidos para reconhecer Diego Felipe Pereira da Silva, 25 anos, e liberar o corpo no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). O jovem foi degolado durante a rebelião e recomendaram que a mãe aguardasse as buscas pela cabeça. Na sexta-feira, ela recebeu uma ligação comunicando a mudança.
“Eu fui, quando cheguei lá reconheci o corpo mesmo, porque tinha visto só por imagem. Levei na funerária, abriram o saco, aí conheci que era ele mesmo, meu menino. Sem a cabeça. Ela [a funcionária do ITEP] mandou trazer eu ‘truxe’ sem a cabeça. Fazer o quê?”, conta. “Era horrível o corpo do meu filho, fiquei muito comovida. Mas enquanto eu não visse eu não acreditava. Queria ver ele, ver as pernas, os braços. Mesmo que não tivesse a cabeça, mas eu queria ver a realidade”.
Por causa do estado avançado de decomposição, a funerária recomendou a Eliene que não realizasse o velório e enterrasse o corpo o quanto antes, sem despedida, à noite, sem a família e os amigos. Mesmo assim, a mãe levou o filho à sua casa pela úlitma vez. “Meu filho passou um ano fora. Está fazendo justamente hoje, um ano e um mês. Ia sair em março”, disse ela há uma semana. “Eles me deram o caixão vedado todinho e colocaram um produto. Até falaram ‘não sei como a senhora vai aguentar passar a noite com ele dentro de casa’. Eu disse ‘pode deixar, se ele tiver podre como for eu quero que ele passe a noite em casa’”.
No dia seguinte, nas primeiras horas da manhã, Eliene levou o corpo de Diego ao cemitério. Rodeada de curiosos, Eliene pediu para ver o filho pela última vez antes de enterrar o corpo. Não havia mortalha, roupa, nada. O saco do necrotério encobria o corpo. “[O caixão] passou uns 5 minutos aberto. Comecei a endoidecer, puxando ele de dentro do saco. Aí pronto, fecharam e enterraram. É muito difícil enterrar um filho sem a cabeça.”
Outras famílias ainda tinham esperança de que a cabeça fosse encontrada, e adiaram o enterro. A esposa do detento M.P.S.N., morto aos 22 anos, que preferiu manter o anonimato dela e do marido, também não viu o corpo, só imagens. “É uma decisão que tem de ser tomada por toda a família. Ele tem uma família que o amava muito, assim como eu também o amo muito. Eu não queria que fosse dessa maneira, mas acho que o sofrimento será maior se não sepultar”, disse a universitária.
Foto: Josemar Gonçalves/Estadão Conteúdo
Com a voz fraca, pausada, a estudante prefere falar do futuro com que o casal sonhou. Namorados desde a adolescência, ela tentava mostrar a M.P. que ele deveria deixar a delinquência. “Quando eu o conheci, voltei a estudar para incentivar. Comecei minha faculdade. Isso deixava ele muito feliz, era uma força que eu dava para ele, estudando e trabalhando, mostrando para ele que tem como você viver dignamente sem querer o que não é seu”.
O marido dela estava preso por dois crimes: o roubo de uma moto, com pena no semiaberto. Depois, ele foi preso novamente por subtrair um celular e migrou para o regime fechado. Há três anos estava preso em Alcaçuz, dos quais dois anos e cinco meses no Pavilhão 4 – onde ocorreu o massacre. Sairia no fim do ano, segundo a esposa. “Já estava tudo planejado pela gente, a família, para quando ele saísse. Perto da faculdade que eu faço tem uma escola de Ensino de Jovens e Adultos. A gente já tinha combinado que ele voltaria a estudar lá. Já tinha falado com amigos para conseguir um emprego para ele”, lembra.
Agora, a viúva diz que o próprio futuro está incerto. “Tudo o que eu planejava era para viver com ele. O concurso que eu pensava em passar fora do Rio Grande do Norte era para ir com ele. Não há mais para quê seguir esses planos. Minha cabeça está muito confusa”.
“Tenho que ter direitos”
Além da dor da perda, todos reclamam do que chamam de omissão do Estado, de uma possível facilitação do ataque e do julgamento da sociedade. Muitas famílias relatam que entre os mortos no presídio nem todos tinham ligação com a facção Sindicato do Crime do RN, que controla o Pavilhão 4 e é rival do Primeiro Comando da Capital (PCC).
“Nem todos que morreram eram integrantes dessa facção criminosa. Muitos só estavam ali cumprindo sua pena para sair e lutar contra todo esse sistema e tentar se recuperar. Porque a mídia […]eu tinha escolhido não falar sobre isso, porque eles não divulgam o que a gente diz, só o que a sociedade quer ver. Porque, para todo mundo, quem morreu ali foram marginais, bandidos. Bandido bom é bandido morto. Mas desde que esse bandido não seja seu irmão, seu marido, seu primo”, disse a esposa de M.P.
A estudante também questiona as circunstâncias do ataque, porque desde novembro o marido havia contado que tinha medo. Para ela, as mortes poderiam ter sido evitadas. “Quando aconteceu o massacre em Manaus foi quando eu fiquei com mais medo e pedi para ele sair mesmo. Ele dizia ‘mas amor, eu não sou de nada disso’. ‘Mas quando eles vierem não vão perguntar quem é e quem não é’, disse para ele. “Aí ele falou que ia pensar. Quando pediu [a transferência] não era mais autorizado ninguém sair”. A viúva disse que a conversa foi no dia 8 de março.
A dona de casa Eliene também questiona por que o filho foi transferido para Alcaçuz. Diego foi preso pelo furto de uma bolsa. Cumpriu um ano na cadeia de Santa Cruz até ganhar o direito do semiaberto. Ele passou três noites dormindo no centro de detenção; na quarta, anunciou que ficaria em casa para, segundo a mãe, ficar perto da família. “Eu insistia, mas ele é meio teimoso. Quando foi um mês vieram pegar ele. Aí colocaram ele logo num canto daquele, perigoso, Alcaçuz. Porque eu acho assim, meu filho nunca vendeu droga, nunca matou gente, era um menino do semiaberto. Só porque não foi dormir botaram junto de uma facção daquela. Meu filho não tinha nenhuma facção. Meu filho era usuário [de droga], somente. Eu achei muito errado, muito”.
Foto: Agência Brasil
Diego também avisava para a mãe há meses que a situação estava tensa e havia ameaça de invasão do prédio por membros do PCC. “Ele estava dizendo que estava muito perigoso: ‘peça para mim voltar pro [pavilhão] 2’. Ele estava lá e botaram pro 4. Eu disse: ‘termina aí tua cadeia nesse pavilhão’. Ele disse: ‘mãe, tá a maior bagunça aqui, o PCC quer invadir e matar a gente. Chore por eu (sic), porque eu posso não chegar em casa vivo’”, narra Eliene.
Investigação
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte investiga como começou o massacre, e como os presos do Pavilhão 5 – presídio Rogério Coutinho Madruga, – conseguiram chegar até o Pavilhão 4. Para as famílias, o Estado já sabia do conflito iminente e não o impediu. “Com certeza o governo é responsável. Lá era para ter segurança. Meu filho não foi vivo para lá? Era para ter voltado vivo. E o governo era para ter garantido. Ele não tinha nada a ver com as brigas lá. Ele não tava preso? Eles tavam tudo solto lá, igual que fosse no meio da rua. As celas de lá não tinham portão, nada. Não era para ser tudo dentro das grades, fechadinho? E o total de presos era muito grande lá”, argumenta a dona de casa de Santa Cruz.
“Que órgão eu procuro, a senhora sabe?” – perguntou a dona de casa à repórter. Sem saber quais são seus direitos, mas decidida a lutar por eles, Eliene tentará ser indenizada. “Foi um filho que eu perdi. Meu filho. É um pedaço de mim meu filho. Tenho que ter direitos”.

Confira os 10 smartphones mais aguardados de 2017



Imagem ilustrativa

O começo do ano chegou, e com ele vem à tona o desejo de muitos brasileiros: trocar o smartphone e adquirir um dos lançamentos de 2017. Mas como saber quais os melhores modelos para comprar ou quais serão as principais novidades do ano?

Para ajudar o consumidor nessa questão, a NZN, um dos principais players em soluções para publicidade e comunicação do mercado, preparou uma lista com os 10 smartphones mais aguardados de 2017.

O levantamento faz parte da nova estratégia da marca, de ser uma empresa 360 e fomentar o mercado com informações relevantes sobre os diversos setores que alcança, a partir de sua base de usuários que transitam em seus veículos diariamente.

Confira o ranking completo!

1º lugar - Galaxy S8
O primeiro lugar fica com o próximo modelo da Samsung, o Galaxy S8, que trará para o mercado um aparelho inovador e futurista. Com a face frontal toda ocupada pela tela, já existe uma expectativa de que o aparelho será um dos mais potentes do mercado, com chips Snapdragon e Exynos atuais, bastante RAM e boas GPUs.


2º lugar - iPhone 8 ou 7s
Com a previsão de lançamento para o terceiro ou quarto trimestre do ano, o segundo lugar do ranking ainda está envolto em muita especulação. Até o momento, a expectativa é que o novo modelo traga bastante ousadia para o mercado, como por exemplo um aparelho com tela praticamente sem bordas, assim como o S8 e o Xiaomi Mi MIX, e sem botão Home na parte da frente. Além disso, também especula-se que o novo aparelho irá permitir carregamento sem fio. Como o mistério permeia todos os lançamentos da Apple, até lá o consumidor ficará apenas com essas possibilidades.


3º lugar - Google Pixel 2
No terceiro lugar, um dos smartphones mais comentados durante 2016: o Google Pixel 2. Mesmo o mercado ainda não sabendo quase nada sobre o novo aparelho, a expectativa é que ele poderá vir com certificação IP67 (à prova de água e poeira) e revisão de design para diminuir as bordas em volta da tela. Além disso, também é provável que o próximo Pixel possua a melhor câmera já vista em um celular.


4º lugar - Nokia 6
O Nokia 6, fabricado pela HMD Global, chegará ao mercado com uma tela de 5,5 polegadas (resolução Full HD), o chipset Snapdragon 420 e 4 GB de memória RAM como alguns de seus atrativos. Mesmo o aparelho sendo, atualmente, exclusivo para o mercado chinês, há possibilidade do dispositivo ser lançado em outras regiões do planeta em breve.


5º lugar - Moto Z2
Ao trazer para o mercado um smartphone com 20 novos módulos para os clientes, hardware de ponta e design arrojado, o Moto Z2 chega com a promessa de que os módulos que servem hoje nesses celulares servirão também nas próximas gerações. Ou seja, quem entrar nessa “plataforma” em 2016 não terá que adquirir novos acessórios em 2017. Agora é aguardar.


6º lugar - LG G6
Mesmo com o lançamento fraco do modelo G5 na América Latina, a expectativa é que o LG G6 chegue ao mercado como um produto seguro, com um ótimo hardware e com um conceito repensado sobre o smartphone.


7º lugar - Moto G5
Com expectativa para o lançamento acontecer no segundo semestre do ano, o Moto G5, modelo intermediário de uma linha construída pela Motorola e herdada pela Lenovo, deve chegar ao mercado com um design diferente do Moto G4. Além disso, espera-se que a Lenovo invista em melhorias para fazer com que os aparelhos tenham tração para concorrer com os os Galaxy A da Samsung, que lideram o segmento dos intermediários com construção premium.


8º lugar - Galaxy Note 8
Mesmo sem nenhum rumor sobre o lançamento do próximo smartphone da linha Note da Samsung, há muita expectativa para a substituição do Note 7, o smartphone com o maior histórico de explosões que se tem notícia. Caso isso aconteça esse ano, espera-se que o aparelho tenha um hardware melhor do que Galaxy S8 e que traga recursos inovadores para os usuários mais hardcore.


9º lugar - OnePlus 4 ou 5
Apesar de não vender seus smartphones no Brasil, a OnePlus, que conquistou o consumidor com ótimo desempenho, qualidade e preços mais competitivos, deve lançar a versão OnePlus 4 ou 5, que substituirá a anterior. A expectativa é de que a empresa mantenha o nível que qualidade e entregue um produto com o hardware mais atual e grandes quantidades de RAM.


10º lugar - Xperia XZ 2017
Lançado há pouco tempo no mercado brasileiro, o celular oferece ótima qualidade em quase todos os quesitos. Porém, o preço ainda está muito acima da realidade do consumidor. De qualquer forma, como a Sony vem apresentando quedas nos preços dos aparelhos, é possível que o produto conquiste o coração dos brasileiros em 2017.

Fonte: NZN Content


Sobre a NZNA NZN é hoje uma das principais plataformas para soluções em publicidade e comunicação. Atuando em 5 frentes independentes (NZN Brand Studio, NZN Intelligence, NZN Social, NZN Media e NZN Content), a empresa tem como objetivo se tornar o principal parceiro das agências e marcas, ao entregar serviços exclusivos, e que ajudam no planejamento e execução das campanhas e projetos.

Postagem em destaque

Salvador: Patamo prende dois traficantes durante ocupação neste domingo Durante rondas na região do Nordeste de Amaralina, equ...