terça-feira, 8 de agosto de 2017

doente mental deixa a prisão


O trio acusado de manter relações sexuais e engravidar uma portadora de necessidades especiais, vai deixar a prisão nas próximas horas.
O trio foi preso acusado da prática de estupro contra NBS de 29 anos que sofre de patologia mental. Eles foram presos no dia 2 de junho deste ano, pela Polícia Civil, que cumpria mandado de prisão preventiva.
PEDRO BORGES DE SOUZA, 36 anos, MATEUS SOUZA DE JESUS CALMON, 22, anos, EDVALDO DE SOUZA CASTROS, 18 anos, foram defendidos pelo advogado criminalista Dr Pedro Cordeiro.
A justiça acatou as alegações da defesa e determinou a soltura dos acusados.
Postar um comentário