Sr do Bonfim: Casal acusado de matar vendedor de cesta básica por dívida de 80 reais, vai enfrentar o júri popular


Daniel de Castro Alencar

O casal acusado da morte de Daniel, em 2016, enfrentará o júri popular. Na época do crime, o caso ganhou ampla divulgação no estado. O fato foi registrado entre os povoados de Caatinguinha e Itapicurú.

Júri acontecerá na próxima terça-feira(01),em Senhor do Bonfim. Dr Pedro Cordeiro, será o advogado de defesa de Elionai.


Entenda o caso e relembre:

Casal é preso acusado de matar vendedor de cestas básicas por causa de R$ 80

Crime foi motivado devido a uma cobrança de dívida que Elionai fez com o vendedor
Divulgação/Polícia Civil

Casal será encaminhado para o sistema prisional de Senhor do Bonfim onde ficará custodiado
Uma dívida de R$ 80 serviu de motivo para o casal João Carlos dos Santos Ferreira e Elionai da Silva Antídio  a assassinar a facadas o vendedor de cestas básicas Daniel de Castro Alencar. O crime ocorreu no dia 29 de Julho, em Senhor do Bonfim, na zona rural.
João Carlos e Elionai, que tinham mandados de prisão preventiva em aberto pelo crime, foram presos na última sexta-feira (2), na cidade de Prata, em Minas Gerais, para onde fugiram depois do crime. Segundo o delegado Leonardo Virgílio Monteiro, durante as investigações da DT (Delegacia Territorial) de Senhor do Bonfim, a polícia descobriu que o casal estava escondido na cidade mineira e solicitou auxílio da Polícia Civil daquele Estado para cumprir os mandados.
Dívida 
De acordo com a polícia, Elionai adquiriu uma das cestas básicas vendidas por Daniel e passou a ser cobrada pelo vendedor. Alegando que iriam quitar a dívida, o casal convidou a vítima para uma conversa e cometeu o crime. Eles estão presos na delegacia de Prata, em Minas, aguardando serem encaminhados para Senhor do Bonfim, onde ficarão custodiados a disposição da Justiça.
0