Pular para o conteúdo principal
Foto: Tácio Moreira /Metropress
 Até o dia 30 de junho de 2017, 18 policiais militares foram expulsos da corporação baiana, uma média de três por mês. Segundo levantamento feito pelo jornal Correio*, somente no primeiro semestre do ano, o número já alcançou algo bem próximo aos demitidos em todo o ano de 2016, quando foram 22. Já em 2015, foram 49 demissões, totalizando 89 militares expulsos em menos de três anos.
De acordo com a Corregedoria da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), os principais crimes que levaram a essas demissões foram homicídio, roubo e corrupção passiva. Ainda segundo a publicação, até junho já foram registradas, junto à Corregedoria da PM, 1.081 queixas contra condutas irregulares de policiais militares – o que representa uma média de quase sete ocorrências instauradas por dia.
O comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Anselmo Brandão, afirmou que são casos isolados e que a busca por desvios de conduta é permanente. “O grosso da tropa é boa, 99,9% dos policiais são bons e do bem. Infelizmente, existem aqueles com desvio de conduta e nós temos que ser duros, inclusive, aplicando o remédio mais duro que é a exclusão. Desde que assumi o comando, já demiti diversos policiais”, pontuou o comandante-geral da tropa.
A promotora de justiça Isabel Adelaide, do Grupo Especial de Atuação para o Controle Externo da Atividade Policial (Gaeco), do Ministério Público Estadual (MP-BA), enxerga as demissões como um sinal positivo. Segundo ela, a maioria dos casos que resultaram nas demissões passou pelo MP-BA, e que as demissões de 2017 são provenientes de investigações de anos anteriores.
“A gente tem percebido um endurecimento da Corregedoria. Apesar das dificuldades, o fato de as punições de PMs serem concentradas na Corregedoria é um indicador positivo”, declarou. “Normalmente, os casos passam pelo MPE, que não depende que a Polícia Militar puna, o que não nos impede de instaurar processo por improbidade administrativa. Temos feito um trabalho de parceria.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Senhor do Bonfim-BA: Jovem de 17 anos se enforca no Alto da Rainha. Por volta das 15 horas deste sábado após voltar a sua casa para levar o almoço de seu irmão a jovem, Mirela, teve o pior susto de sua vida ao se deparar com o corpo de seu irmão MURILO SILVA MALTA DOS SANTOS,  de apenas 17 anos, enforcado com uma corda no pescoço, na sala próximo a cozinha.
Nosso Repórter Netto Maravilha esteve no local, Rua Iara Torres, Bairro Alto da Rainha, nº 159 em Senhor do Bonfim, e ouviu várias pessoas da família que sem acreditar no fato, se questionavam, o porque daquilo, “um jovem que nunca bebeu, não tinha inimigos, ele saiu ontem com amigos de trabalho da empresa Moto Gamboa, por volta de 23 horas nós começamos a procurar por ele, pois nunca tinha bebido nem tinha costume de demorar assim”, comentou o cunhado.
A mãe em prantos relatava para uma amiga, que seu filho havia chegado bastante embriagado em casa que nem conseguia segurar direito no portão, e que vomitou a casa, ela havia limpado e…
POLICIAL: MOTOQUEIRO MORRE AO COLIDIR FRONTALMENTE COM CARRETA NA BR 407 ENTRE TANQUINHO E TIJUAÇU
Por volta das 21h40min deste sábado  (05),  um jovem identificado por REGIVALDO, morador do povoado de Passagem Velha, zona rural de Senhor do Bonfim teve morte instantânea, ao colidir com uma moto ainda sem dados, contra uma carreta na altura do Km 144 da BR 407,  entre Tanquinho e Tijuaçu.


De acordo com as primeiras informações ele teria invadido a contramão indo de encontro a carreta

PRF, DPT da Civil e PM encontram-se no local.

Breve mais detalhes aqui no Maravilha Notícias.


Maravilha Notícias
Jovem morre após ser baleado em Ibiaporã Na tarde deste sábado, 05 de novembro de 2016, um jovem conhecido como Marinho, foi morto a tiros no município de Mundo Novo-BA.
O crime aconteceu por volta das 15 horas, na Rua Joaquim Sacerdote, no distrito de Ibiaporã, conhecido como Bonita. 
De acordo com informações de populares, o jovem se envolveu numa briga e sofreu um disparo de espingarda. Depois, ele foi socorrido e encaminhado para o hospital de Tapiramutá, mas não resistiu e morreu.

O jovem morava em Ibiaporã. O corpo será encaminhado para o IML da região, depois será liberado para o sepultamento.

Da redação do Blog Agmar Rios