segunda-feira, 17 de julho de 2017


Adolescente tira a vida da própria irmã com tiro acidental enquanto manuseava revólver na Bahia



No final da tarde deste domingo, 15 de julho, na cidade do Prado, no extremo sul da Bahia, a 792 km de Salvador, aconteceu uma tragédia entre dois irmãos adolescentes, sendo um de 15 e uma de 16 anos. O fato ocorreu na Avenida Buritiba, no Bairro São Brás, quando o adolescente de 15 anos estava manuseando uma arma de fogo, um revólver 38, próximo à sua irmã, Ernestina Costa (Tina), de 16 anos, e acabou acertando um tiro acidental na cabeça da jovem.
Foto reprodução Facebook
A situação aconteceu dentro de casa, na cozinha, quando a Tina iria preparar a janta. Havia outra irmã no quarto da casa, e quando ela saiu em direção a cozinha, se deparou com o irmão vindo em direção a porta de entrada da casa, dizendo: “Matei Tina”, e repetindo por diversas vezes as mesmas palavras. A irmã mais velha, então, foi para o cozinha, enquanto o irmão saiu pela rua, de forma desesperada dizendo: “matei a minha irmã, agora vou me matar”. O mesmo tomou direção desconhecida.
A Polícia Militar foi informada, e chegando ao local, realizou todos os procedimentos de isolamento, e informou à 8ª COORPIN sobre o homicídio ocorrido. O delegado do Plantão Regional, Bruno Ferrari, solicitou ao DPT que realizasse a perícia e a transferência do corpo para o IML, para os procedimentos legais. O mesmo se deslocou com o investigador Jaconias, para realizar o levantamento cadavérico.
O corpo da jovem foi levado para o IML de Teixeira de Freitas, para realização dos exames necropsiais. O delegado, Bruno Ferrari orientou aos familiares para comparecer na sede da 8ª COORPIN, na manhã de segunda-feira (16), para serem ouvidos, e realizarem a liberação do corpo da jovem. Ao mesmo tempo, ele orientou que se caso localizassem o irmão da vítima, o apresentasse para prestar esclarecimentos. Um inquérito policial foi instaurado para apurar as circunstâncias do ocorrido. (Fonte: LiberdadeNews)
Postar um comentário