Pular para o conteúdo principal


Manifestação: Amigos e familiares de Jussimária protestam contra possível saída de autor do feminicídio de Pindobaçu
“ela estava disposta a deixar o trabalho para mudar de cidade, pra poder viver em paz”, completou a mãe.
Familiares e amigos da jovem Jussimária Santos, morta na última terça-feira (02), de forma covarde e pelas costas no Centro de Pindobaçu, estiveram protestando a frente do Complexo Policia de Senhor do Bonfim onde o autor Silvio Freitas encontra-se custodiado.
A mãe da vítima disse ao Repórter Netto Maravilha, que não era a favor do relacionamento dos dois, por que Silvio era violento e nem mesmo permitia que a jovem saísse na companhia de irmãos, que havia dito para a mãe não se meter no relacionamento, havia 15 dias que o namoro tinha chegado ao final, nesse curto período de tempo, o autor já havia pulado o muro da casa objetivando matar “Juci”, e até que na tarde da última terça-feira, depois de almoçar e quando retornava para o trabalho, sua filha foi abordada no caminho de volta ao trabalho.
“Não teve como ela se defender, ele matou ela a traição pelas costas, deu tiro acabou com a vida da minha filha, uma menina trabalhadeira, tinha tudo pela frente, ela não merecia, ela não traiu ele, entendeu, ele que não quis aceitar o final do relacionamento, ela estava com medo dele e queria se sair dele e não conseguiu”, desabafou a mãe.
A família iria mandar a jovem para outra cidade para poder se livrar do agressor e assassino, “ela estava disposta a deixar o trabalho para mudar de cidade, pra poder viver em paz”, completou a mãe.
Com cartazes pedindo justiça, amigos e familiares permaneceram a frente do Complexo.
Blog do Netto Maravilha
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

IDENTIFICADA A VÍTIMA DE HOMICÍDIO NA FEIRA DO ALTO DA MARAVILHA