Domingão do Faustão detona governo e corrupção no país


O programa Domingão do Faustão deste domingo(21) parou o Show dos Famosos, quadro em que artistas interpretam cantores e cantam caracterizados as suas músicas, para fazer duras críticas ao atual governo e aos políticos. O apresentador Fausto Silva começou a fazer um discurso bem espontâneo, citando os problemas que o país atravessa por conta da corrupção, sendo seguido, imediatamente, por convidados que compunham o júri desse quadro.

Faustão começou lamentando que o país esteja envolvido em tanta corrupção e chegou a brincar dizendo que “se Deus é brasileiro como todos dizem, ele deve estar de férias já uns quatro anos”. A seguir, Miguel Falabella, Sílvio de Abreu e Cláudia Raia começaram as críticas aos políticos, com referências ao trabalho da Operação lava Jato.

Sílvio de Abreu chegou a fazer uma crítica à educação e à falta de informação dos brasileiros, revelando que, depois de lançar a novela Os Dias Eram Assim, foi feita uma pesquisa de opinião em que a emissora perguntou o que cada pesquisado sabia sobre a época em que o programa faz referência. Ele disse que a maioria absoluta não soube responder, por não conhecer nada sobre o regime militar, principal tema do programa.

A opinião dos jurados foi intensamente aplaudida por todo o auditório e Faustão fez questão de permitir que cada um externasse o seu ponto de vista, sem interromper, em momento algum, qualquer das opiniões. Sinal de novos tempos?
Fonte: Agora na Bahia.
0