terça-feira, 4 de abril de 2017

Barragens não tiveram mudanças significativas
 Apesar das chuvas ocorridas no centro-norte baiano nos últimos dias, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) mantém o abastecimento de água em regime de racionamento em oito municípios (Senhor do Bonfim, Jacobina, Jaguarari, Caldeirão Grande, Andorinha, Itiúba, Ponto Novo e Filadélfia) e em Angico (Mairi) e Umbuzeiro (Mundo Novo) e estuda reduzir a oferta de água em Campo Formoso, Antônio Gonçalves, Saúde, Caém, Serrolândia, Capim Grosso e São José do Jacuípe.
Conforme dados coletados nesta terça-feira (04), as barragens que abastecem estas localidades não tiveram mudanças significativas, apresentando os seguintes níveis de armazenamento: Ponto Novo (23,9%), Pindobaçu (43,2%), Aipim (50,2%), Prata (19,9%), Pedras Altas (24%), Cachoeira Grande (32,9%), Itapicuruzinho (0,4%) e São José do Jacuípe (12,3%).
Segundo o gerente Regional da Embasa, Vinícius Araújo, o cenário ainda é preocupante. “As chuvas embora tenham colaborado muito para o homem do campo, ainda não foram suficientes para repor a água das barragens que abastecem a nossa região, por isso é necessário continuar contando com a cooperação da população na adoção de hábitos racionais do uso da água”, explicou Vinícius. Para conter a crise hídrica, a Embasa já estuda abastecer Itiúba através da Barragem de Rômulo Campos, Andorinha com água do Rio São Francisco via Sistema de Pilar, e Senhor do Bonfim e Jaguarari por meio de outras formas alternativas de abastecimento. Atenciosamente 
Assessoria de Comunicação da Embasa
(74) 3541-8400
Postar um comentário

Postagem em destaque

Policial: Em dia de Guerra de espadas PM mostra seu papel e prende ladrões de Juazeiro que vieram roubar em Bonfim Facebook Tw...