Pular para o conteúdo principal

Foi por pouco: Mãe consegue impedir suicídio da filha de 14 anos em Feira de Santana por causa do Baleia Azul


A mãe de uma adolescente de 14 anos, que não quis se identificar, relatou que, após sua filha apresentar sintomas atípicos resolveu procurar a delegacia para fazer uma denúncia. “Eu vi na TV uma orientação de uma psicóloga para nós, pais, denunciarmos esse grupo que incentiva o jogo. Eu recebi um link alertando para esse jogo e pedindo para conversar com os filhos e, ainda sem saber de nada, mandei para ela e ela me mandou uma foto do braço cortado. Quando eu perguntei porque ela tinha se cortado ela começou a chorar e disse que tinha perdido quatro desafios [do jogo]. Procurei a escola e soube que ela já tinha conversado com a psicóloga, porém pra mim ela negou e não me disse absolutamente nada”, relatou.
Ainda segundo a mãe da jovem, a filha há um tempo estava ficando durante muito tempo dentro do quarto, só saia para ir à escola.
“Aparentemente ela está normal. Só após eu receber o link comecei a perceber as mudanças de comportamento. Eu já tentei procurar esse grupo e não consigo ter acesso”, disse. “Depois que eu descobri, ela está mais quieta, mais retraída, não está mais brincando tanto com a irmã e também está triste. Tanto que vai continuar com o acompanhamento psicológico na escola”, finalizou.
O jogo
O jogo consiste em uma série de 50 desafios diários, enviados à vítima por um “curador”. Há desde tarefas simples como desenhar uma baleia azul numa folha de papel até outras muito mais mórbidas, como cortar os lábios ou furar a palma da mão diversas vezes. Em outra tarefa, o participante deve “desenhar” uma baleia azul em seu antebraço com uma lâmina. Como desafio final, o jogador deve se matar. O “curador” é quem envia ao participante do jogo os 50 desafios que ele deve cumprir diariamente até chegar ao suicídio. Se condenado, ele pode ficar preso por mais de 40 anos. (3 anos por associação criminosa, 8 anos por lesão grave, 6 meses por ameaça e 30 anos por homicídio). // De Olho Na Cidade.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Senhor do Bonfim-BA: Jovem de 17 anos se enforca no Alto da Rainha. Por volta das 15 horas deste sábado após voltar a sua casa para levar o almoço de seu irmão a jovem, Mirela, teve o pior susto de sua vida ao se deparar com o corpo de seu irmão MURILO SILVA MALTA DOS SANTOS,  de apenas 17 anos, enforcado com uma corda no pescoço, na sala próximo a cozinha.
Nosso Repórter Netto Maravilha esteve no local, Rua Iara Torres, Bairro Alto da Rainha, nº 159 em Senhor do Bonfim, e ouviu várias pessoas da família que sem acreditar no fato, se questionavam, o porque daquilo, “um jovem que nunca bebeu, não tinha inimigos, ele saiu ontem com amigos de trabalho da empresa Moto Gamboa, por volta de 23 horas nós começamos a procurar por ele, pois nunca tinha bebido nem tinha costume de demorar assim”, comentou o cunhado.
A mãe em prantos relatava para uma amiga, que seu filho havia chegado bastante embriagado em casa que nem conseguia segurar direito no portão, e que vomitou a casa, ela havia limpado e…
POLICIAL: MOTOQUEIRO MORRE AO COLIDIR FRONTALMENTE COM CARRETA NA BR 407 ENTRE TANQUINHO E TIJUAÇU
Por volta das 21h40min deste sábado  (05),  um jovem identificado por REGIVALDO, morador do povoado de Passagem Velha, zona rural de Senhor do Bonfim teve morte instantânea, ao colidir com uma moto ainda sem dados, contra uma carreta na altura do Km 144 da BR 407,  entre Tanquinho e Tijuaçu.


De acordo com as primeiras informações ele teria invadido a contramão indo de encontro a carreta

PRF, DPT da Civil e PM encontram-se no local.

Breve mais detalhes aqui no Maravilha Notícias.


Maravilha Notícias
Jovem morre após ser baleado em Ibiaporã Na tarde deste sábado, 05 de novembro de 2016, um jovem conhecido como Marinho, foi morto a tiros no município de Mundo Novo-BA.
O crime aconteceu por volta das 15 horas, na Rua Joaquim Sacerdote, no distrito de Ibiaporã, conhecido como Bonita. 
De acordo com informações de populares, o jovem se envolveu numa briga e sofreu um disparo de espingarda. Depois, ele foi socorrido e encaminhado para o hospital de Tapiramutá, mas não resistiu e morreu.

O jovem morava em Ibiaporã. O corpo será encaminhado para o IML da região, depois será liberado para o sepultamento.

Da redação do Blog Agmar Rios