quinta-feira, 13 de abril de 2017

Aluna é morta a tiros dentro de academia; segundo crime do tipo em 30 dias na Bahia


A polícia de Lauro de Freitas está tentando descobrir a autoria de um homicídio ocorrido na manhã desta quarta-feira(12), dentro de uma academia de ginástica localizada no centro da cidade localizada na Região Metropolitana de Salvador. Uma aluna foi morta a tiros quando fazia exercícios em um aparelho. A vítima dos tiros é Jumaria Barbosa, 31 anos, formada em direito.

De acordo com as primeiras informações, um homem teria chegado á portaria pedindo para conhecer a academia e foi atendido, tendo sido acompanhado por um funcionário, que imaginou que o visitante tratava-se de um futuro cliente. A seguir, ele pediu para ir ao sanitário e, na volta, dirigiu-se ao local onde estava a aluna, sacou uma pistola automática e fez, pelo menos, quatro disparos.

Houve pânico entre os alunos que estavam no local e, durante a confusão, o homem fugiu. A polícia foi chamada, mas ao chegar ao local a aluna já estava morta, sentada no local onde fazia exercícios. Jumaria era moradora da Praia do Flamengo, em Salvador e malhava nessa academia há 10 meses.

As câmeras de segurança devem ser solicitadas pela delegacia de polícia local para tentar identificar o criminoso. As motivações do crime começam a ser investigadas.

Este é o segundo crime ocorrido dentro de uma academia este ano na Bahia. Em 16 de março, na cidade de Catu, uma aluna que também fazia treinamento foi executada com 12 tiros.
Agora na Bahia
Postar um comentário

Postagem em destaque

Avião que transportava Gilmar Mendes sofre pane elétrica O avião que transportava o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) G...