“Temer é extremamente frágil, fraco e medroso’, diz a ex-presidente Dilma


Em entrevista ao jornal Valor Econômico, a ex-presidente Dilma Rousseff atacou a gestão atual, criticou seu antigo vice-presidente e defendeu sua administração (2011-2016). “O Temer é isso que está aí, querida. Não adianta toda a mídia falar que ele é habilidoso. Temer é um cara frágil. Extremamente frágil. Fraco. Medroso. Completamente medroso”, cravou, referindo-se à submissão do peemedebista a determinados setores políticos e econômicos. Ao falar sobre seu período como chefe do Executivo, Dilma se orgulhou de ter sempre ido de encontro à corrupção. “Entro num tema que acho sério, que é o sincericídio do ministro por um mês, do Planejamento, o senador [Romero] Jucá, quando disse que tinha que estancar a sangria e usou palavras, assim, pornográficas para descrever as relações políticas no Brasil”, disse. Além disso, a ex-presidente admitiu os erros da sua gestão. “Saber demais não significa que você é capaz de impedir algumas coisas”, confessou.
0