terça-feira, 28 de março de 2017

Parte do teto de posto de saúde desaba sobre médico durante consulta

Parte da laje do Posto de Saúde do bairro Santo Antônio dos Prazeres, em Feira de Santana, desabou sobre um médico na tarde desta segunda-feira (27), segundo relato de Daiane Silva Araújo, esposa de um paciente que estava sendo atendido no momento do acidente. Não há informações sobre o estado de saúde do médico, nem se ficou ferido.
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade
Daiane disse ao Acorda Cidade que o médico caiu no chão e por pouco ela e o marido não foram atingidos. Ela disse ainda que a camisa do médico rasgou, mas não percebeu ferimentos.
O paciente Alfredo Rodrigues Júnior , que foi ao posto porque estava com pressão alta, passou mal por conta do susto, e ainda foi socorrido pelo médico que teve a ajuda de colegas de trabalho para se levantar.
“Meu marido estava com a pressão alta e veio de manhã. Aí mandaram ele vir de tarde porque tinha médico e a gente veio. Eu estava acompanhando ele.  Quando já estava terminando a consulta a gente viu uma zoada e na mesma hora o teto começou a desabar. Meu marido foi rápido e me empurrou e o médico levou tudo na cabeça. O médico foi atingido, tanto que ele caiu. Só foi as costas. Se meu marido não fosse rápido atingiria a gente. O médico não teve como escapar porque já estava tudo na cabeça dele. Meu marido passou mal, foi um susto, ele já estava com a pressão alta e ficou mais alta ainda. O médico estava lá caído e as colegas de trabalho ajudou a se levantar e o médico ainda socorreu meu marido”, relatou.
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade
Alfredo Rodrigues Júnior foi atendido e recebeu um documento assinado pelo médico para ir a um pronto socorro. “Desceu uma parte da laje, só foi o tempo de eu puxar a cadeira e empurrar minha esposa. Até agora estou em colapso. O doutor estava mais próximo da parte que desabou, chegou a rasgar a camisa. Por pouco não houve três mortes”, ressaltou.
A unidade de saúde foi reformada recentemente.
Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade
Postar um comentário