Pular para o conteúdo principal

Elmar Nascimento votado em Filadélfia decepciona e vota SIM pela terceirização.


A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (22) por 231 votos a favor, 188 contra e 8 abstenções o texto-base do projeto de lei que autoriza o trabalho terceirizado de forma irrestrita para qualquer tipo de atividade.

Os principais pontos do projeto são os seguintes:

A terceirização poderá ser aplicada a qualquer atividade da empresa. Por exemplo: uma escola poderá terceirizar faxineiros (atividade-meio) e professores (atividade-fim).

A empresa terceirizada será responsável por contratar, remunerar e dirigir os trabalhadores.

A empresa contratante deverá garantir segurança, higiene e salubridade dos trabalhadores terceirizados.

O tempo de duração do trabalho temporário passa de até três meses para até 180 dias, consecutivos ou não.

Após o término do contrato, o trabalhador temporário só poderá prestar novamente o mesmo tipo de serviço à empresa após esperar três meses.

A oposição apresentou seis destaques (proposições para modificar pontos do texto), todos rejeitados. Com isso, o projeto seguirá para sanção presidencial.

Dentre os 188 votos contrários à proposta, muitos foram de deputados governistas. Em sete dos principais partidos da base aliada, por exemplo, houve 56 votos contrários. Na bancada do PSDB, 11 votaram contra. No PMDB, partido do presidente Michel Temer, foram 10, além de 7 do DEM, 7 do PP, 10 do PR, 5 do PPS e 6 do PSD, todas legendas da base aliada do governo (veja como votou cada deputado).

Enviada ao Congresso pelo governo Fernando Henrique Cardoso em 1998, a proposta já havia sido aprovada pela Câmara e, ao passar pelo Senado, sofreu alterações. De volta à Câmara, o texto aguardava desde 2002 pela análise final dos deputados.

Em 2015, a Câmara aprovou um outro projeto, com o mesmo teor, durante a gestão do ex-presidente da Casa Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O texto foi enviado para análise do Senado, mas ainda não foi votado.

Atualmente, não há legislação específica para regular a terceirização. O entendimento da Justiça do Trabalho é que a prática só é possível em atividades secundárias das empresas, também chamadas de atividades-meio. Atualmente, não são terceirizados trabalhadores das atividades-fim (as atividades principais das empresas).

G1
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Senhor do Bonfim-BA: Jovem de 17 anos se enforca no Alto da Rainha. Por volta das 15 horas deste sábado após voltar a sua casa para levar o almoço de seu irmão a jovem, Mirela, teve o pior susto de sua vida ao se deparar com o corpo de seu irmão MURILO SILVA MALTA DOS SANTOS,  de apenas 17 anos, enforcado com uma corda no pescoço, na sala próximo a cozinha.
Nosso Repórter Netto Maravilha esteve no local, Rua Iara Torres, Bairro Alto da Rainha, nº 159 em Senhor do Bonfim, e ouviu várias pessoas da família que sem acreditar no fato, se questionavam, o porque daquilo, “um jovem que nunca bebeu, não tinha inimigos, ele saiu ontem com amigos de trabalho da empresa Moto Gamboa, por volta de 23 horas nós começamos a procurar por ele, pois nunca tinha bebido nem tinha costume de demorar assim”, comentou o cunhado.
A mãe em prantos relatava para uma amiga, que seu filho havia chegado bastante embriagado em casa que nem conseguia segurar direito no portão, e que vomitou a casa, ela havia limpado e…
POLICIAL: MOTOQUEIRO MORRE AO COLIDIR FRONTALMENTE COM CARRETA NA BR 407 ENTRE TANQUINHO E TIJUAÇU
Por volta das 21h40min deste sábado  (05),  um jovem identificado por REGIVALDO, morador do povoado de Passagem Velha, zona rural de Senhor do Bonfim teve morte instantânea, ao colidir com uma moto ainda sem dados, contra uma carreta na altura do Km 144 da BR 407,  entre Tanquinho e Tijuaçu.


De acordo com as primeiras informações ele teria invadido a contramão indo de encontro a carreta

PRF, DPT da Civil e PM encontram-se no local.

Breve mais detalhes aqui no Maravilha Notícias.


Maravilha Notícias
Jovem morre após ser baleado em Ibiaporã Na tarde deste sábado, 05 de novembro de 2016, um jovem conhecido como Marinho, foi morto a tiros no município de Mundo Novo-BA.
O crime aconteceu por volta das 15 horas, na Rua Joaquim Sacerdote, no distrito de Ibiaporã, conhecido como Bonita. 
De acordo com informações de populares, o jovem se envolveu numa briga e sofreu um disparo de espingarda. Depois, ele foi socorrido e encaminhado para o hospital de Tapiramutá, mas não resistiu e morreu.

O jovem morava em Ibiaporã. O corpo será encaminhado para o IML da região, depois será liberado para o sepultamento.

Da redação do Blog Agmar Rios