segunda-feira, 13 de março de 2017

Eliseu Padilha volta à Casa Civil nesta segunda, após 21 dias de licença médica


Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O minsitro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, volta a assumir suas funções nesta segunda-feira (13), após 21 dias de licença médica. De acordo com o G1, já na sua volta o ministro se reunirá com o presidente Michel Temer para decidir se vai se manifestar publicamente sobre as declarações de José Yunes em depoimento ao Ministério Público. O amigo e ex-assessor de Temer disse que recebeu do doleiro Lúcio Funaro, a pedido de Padilha, um envelope com "documentos". O ex-executivo da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, disse em delação premiada que o envelope continha dinheiro. Na ocasião das declarações, Padilha estava hospitalizado por problemas na próstata e se ausentou do cargo. A manutenção do ministro no cargo ainda é considerada incerta, muito por causa dos pedidos de inquéritos por parte da Procuradoria-Geral da República, a partir das delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato.
Postar um comentário