Pular para o conteúdo principal

Quem é a Dona Maria? Conheça a mulher mais perigosa da Bahia (Nova integrante do baralho do crime)

Olhos castanhos, cabelos escuros, batom… Mas a beleza que atrai é a mesma que mata. Sim, ela mata ou manda matar, segundo a polícia. Assim é conhecida Jasiane Silva Teixeira, 28 anos, a Dona Maria, que passou a figurar no final de janeiro como a Dama de Copas no Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). É ela que vem espalhando o terror no comando da recém-criada facção Bonde do Neguinho (BDN) em Vitória da Conquista, no Centro-sul do estado.

Procurada por tráfico de drogas e homicídio, ela é a terceira mulher a fazer parte do Baralho do Crime, desde a sua criação, em 2011. A ferramenta foi criada pela SSP para estimular a participação da população na busca e captura de bandidos procurados pela polícia. Jasiane entrou no baralho no lugar do traficante Averaldo Ferreira da Silva Filho, o Averaldinho, que segundo a SSP, saiu, porque teve a prisão revogada pela Justiça.

Dona Maria possui seis processos criminais – quatro por tráfico e associação para o tráfico, um por homicídio qualificado, ambos em Vitória da Conquista, e um por homicídio qualificado em Jequié, onde a vítima foi um agente penitenciário. Ela também tem quatro mandados de prisão por tráfico, associação para o tráfico e homicídio.

“Dentre as dezenas de homicídios ordenados por ela direta ou indiretamente, destacaram-se um duplo e um triplo que vitimaram integrantes de facção rival”, disse o delegado Cléber Rocha Andrade, coordenador da Coorpin de Vitória da Conquista.

Prisão
Ela foi presa em 2008 por tráfico, associação para o tráfico e porte de arma com o primo e companheiro Bruno de Jesus Camilo, o Pezão, fundador do Bonde do Pezão, grupo criminoso que à época ainda tinha status de quadrilha. Josiane foi solta pela Justiça meses depois, e Bruno condenado a cumprir pena em Jequié. “Ela montou lá uma base operacional do crime. Em 2010, Bruno mandou matar um agente penitenciário em Jequié. Logo após o crime, os autores morreram em confronto com a polícia, que chegou à casa alugada e a conduziu à delegacia, junto com as mulheres dos criminosos mortos”, contou Rocha.

Bruno morreu em 2014, em Porto Seguro, durante confronto com a Polícia Civil de Vitória da Conquista. Jasiane conseguiu fugir. Uma investigação revelou que o casal tinha residências em três cidades em nome de terceiros: Vitória da Conquista, Porto Seguro e Salvador – um apartamento na Rua Sabino Silva.

Segundo a polícia, com a morte de Pezão, houve um racha entre vários grupos que eram ligados a ele e isso desencadeou uma disputa acirrada e com muitas mortes em Conquista. Foi quando Jasiane mostrou que tinha tino para assumir o lugar do companheiro e propôs uma aliança com grupos menores. “Passou a fornecer armas e drogas”, disse o delegado.

Facção
Logo depois, a então líder da quadrilha aliou-se à Paulo DG, traficante de Jequié filiado ao Bonde do Maluco (BDM) e que atualmente está preso no Complexo Penitenciário da Mata de Escura, em Salvador.

Segundo a polícia, isso rendeu ao Bonde do Pezão ainda mais força e, consequentemente, a organização típica de uma facção. Passou a ter regimento, começou a se expandir no município, montou uma estrutura organizacional com gerentes de distribuição, recolhimento de dinheiro, distribuição de drogas, de vendas, além de advogados à disposição dos interesses do grupo criminoso.

Com essa estrutura organizacional, o Bonde do Pezão passou a se chamar Bonde do Neguinho (BDN). “A facção leva esse nome porque o principal gerente e matador de Jasiane é o Neguinho, Juarez Vicente de Moraes, que também é procurado”, disse o delegado. Antes de Jasiane, Neguinho já figurava no Baralho do Crime.  Ele é o Cinco de Ouros e é procurado por tráfico de drogas.

Jasiane passou a adotar o apelido de Dona Maria como uma forma de evitar que a polícia associasse as execuções a ela. Segundo a polícia, a crueldade de Dona Maria supera a do ex-companheiro. “Ela é impiedosa. O Bruno Pezão poupava mulheres e crianças. Ela não, é muito fria, ordena as execuções de quem quer que seja”, comentou o coordenador da Coorpin de Vitória da Conquista.

Facção é famosa pela ousadia
A  facção Bonde do Neguinho (BDN) é conhecida também pela ousadia. No dia 12 de novembro do ano passado, Jasiane ordenou uma matança numa casa noturna no bairro Morada dos Pássaros. O motivo: o proprietário fornecia aos clientes drogas, compradas de outro distribuidor, numa região dominada pelo BDN.

“Ela determinou a morte de todos que estavam lá, cerca de 20 pessoas, mas conseguimos impedir. Tivemos a informação e enviamos cinco equipes nossas para lá, que se posicionaram estrategicamente nas imediações. Quando os bandidos chegaram, eram quatro, resistiram à prisão, trocando tiros com a polícia e acabaram mortos na porta da casa noturna. Seria uma carnificina”, contou o delegado Cléber Rocha.

A líder do BDN é mãe. O  filho de 7 anos, fruto do relacionamento com Bruno Pezão, vive com parentes, segundo a polícia. A mãe de Dona Maria, Patrícia Carvalho Silva, que também responde por tráfico, foi esposa  de Antonilton de Jesus Martines, o Nenzão, um dos maiores traficantes de Conquista. (Fonte: Bruno Wendel Correio24Horas)


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Senhor do Bonfim-BA: Jovem de 17 anos se enforca no Alto da Rainha. Por volta das 15 horas deste sábado após voltar a sua casa para levar o almoço de seu irmão a jovem, Mirela, teve o pior susto de sua vida ao se deparar com o corpo de seu irmão MURILO SILVA MALTA DOS SANTOS,  de apenas 17 anos, enforcado com uma corda no pescoço, na sala próximo a cozinha.
Nosso Repórter Netto Maravilha esteve no local, Rua Iara Torres, Bairro Alto da Rainha, nº 159 em Senhor do Bonfim, e ouviu várias pessoas da família que sem acreditar no fato, se questionavam, o porque daquilo, “um jovem que nunca bebeu, não tinha inimigos, ele saiu ontem com amigos de trabalho da empresa Moto Gamboa, por volta de 23 horas nós começamos a procurar por ele, pois nunca tinha bebido nem tinha costume de demorar assim”, comentou o cunhado.
A mãe em prantos relatava para uma amiga, que seu filho havia chegado bastante embriagado em casa que nem conseguia segurar direito no portão, e que vomitou a casa, ela havia limpado e…
POLICIAL: MOTOQUEIRO MORRE AO COLIDIR FRONTALMENTE COM CARRETA NA BR 407 ENTRE TANQUINHO E TIJUAÇU
Por volta das 21h40min deste sábado  (05),  um jovem identificado por REGIVALDO, morador do povoado de Passagem Velha, zona rural de Senhor do Bonfim teve morte instantânea, ao colidir com uma moto ainda sem dados, contra uma carreta na altura do Km 144 da BR 407,  entre Tanquinho e Tijuaçu.


De acordo com as primeiras informações ele teria invadido a contramão indo de encontro a carreta

PRF, DPT da Civil e PM encontram-se no local.

Breve mais detalhes aqui no Maravilha Notícias.


Maravilha Notícias
Jovem morre após ser baleado em Ibiaporã Na tarde deste sábado, 05 de novembro de 2016, um jovem conhecido como Marinho, foi morto a tiros no município de Mundo Novo-BA.
O crime aconteceu por volta das 15 horas, na Rua Joaquim Sacerdote, no distrito de Ibiaporã, conhecido como Bonita. 
De acordo com informações de populares, o jovem se envolveu numa briga e sofreu um disparo de espingarda. Depois, ele foi socorrido e encaminhado para o hospital de Tapiramutá, mas não resistiu e morreu.

O jovem morava em Ibiaporã. O corpo será encaminhado para o IML da região, depois será liberado para o sepultamento.

Da redação do Blog Agmar Rios