Médico natural de Quijingue que estava desaparecido é encontrado morto vítima de acidente



O médico Edenivaldo Junior que não falava com a família desde às 12h30 de domingo, 26, quando passava pela cidade de Serrinha, e estava sendo aguardado no Distrito de Caldas do Jorro, fato que deixou todos muito apreensivos, infelizmente no inicio da tarde desta segunda-feira, 27, a noticia que ninguém queria, pouco mais de 24horas depois do último contato, ele foi encontrado morto dentro do seu carro Honda Civic de placa OUU 8363, numa ribanceira de difícil acesso as margens da BR 116 Norte, cerca de 250 metros depois de passar pela ponte do Rio Angico, sentido Araci – Caldas do Jorro.

No local do acidente existem muitas árvores de médio e grande porte inclusive baraúnas, o que pode ter dificultado a localização do veículo. O impacto foi tão grande nas árvores que parte da dianteira do carro ficou separada e o veiculo entre os troncos a cerca de 4 metros de altura do nível da pista.
Veículo foi encontrado pouco mais de 24 horas depois que ele manteve contato com a família | Foto: Raimundo Mascarenhas

O pai Edenivaldo, o irmão Saulo e muitos amigos acompanham o trabalho da equipe da Policia Rodoviária Federal – PRF enquanto aguarda a chegada da Policia Técnica de Euclides da Cunha para resgatar o corpo. Deni disse ao Calila Noticias que o filho se formou em medicina em setembro do ano passado e já trabalhava em unidades de saúde de Salvador, Alagoinhas e Pojuca e estava sendo a segunda vez que ele estava retornando a Quijingue depois de se tornar médico. “ Eu chama muito atenção dele pela quantidade de plantão que ele tirava, me preocupava principalmente com as viagens, era um menino bom, não bebia, não era muito de correr, mas eu temia pelo cansaço”, lamentou Deni.
Juninho estava criando barba e ainda não tina sido visto pessoalmente pela família

Junior tinha a admiração da população quijinguense pelo sua capacidade intelectual , pois, era formado em enfermagem.

O rabecão até por volta das 17h não havia chegado ao local, pois, o mesmo tinha ido até o Distrito de Bendegó, no Município de Canudos, onde também nesta mesma BR 116 o delegado plantonista de Euclides da Cunha morreu num capotamento de veículo . Ele tinha tirado seu primeiro plantão e seguia para Recife de onde é natural.

Equipe do DPT de Serrinha foram contactados, apesar do setor de responsabilidade de Euclides da Cunha, Serrinha está muito mais próximo.

O transito flui normalmente, pois, o carro está totalmente fora da pista e não existe nenhum tipo de bloqueio.

A Prefeitura Municipal de Quijingue decretou três dias de luto oficial.

Redação Calila Notícias
0