Pular para o conteúdo principal



Justiça: Pai e filho autores de homicídio em 2015 serão levados a júri popular hoje em Bonfim
As ações fazem parte do Mutirão Carcerário da Vara Crime da Comarca de Senhor do Bonfim
No próximo dia 21 de fevereiro do corrente ano, serão levados a júri, os réus JOSÉ HUMBERTO CARDOSO DOS SANTOS e seu filho LEONARDO SILVA DOS SANTOS, ambos encontram-se custodiados desde maio de 2015, dias depois de terem matado o senhor ERIVALDO PEREIRA DOS SANTOS, fato ocorrido na Rua José Bonifácio, Bairro São Jorge, a vítima foi morta por espancamento a golpes de madeira e esfaqueada com arma branca.
O júri acontece no Salão do Fórum Edgard Simões, às 08h15min, presidido pelo Juiz Dr. Luiz Henrique de Almeida Araújo, na acusação a Promotora Drª. Daniele Cochrane, na defesa Dr. Pedro Cordeiro.
Confira reportagem da época
Briga acaba em homicídio no Bairro São Jorge
Aconteceu na noite desse domingo (10), na Rua José Bonifácio um crime fútil.
A reportagem do Blog Maravilha Notícias conversou com a senhora Cleide, viúva do senhor Erivaldo, que relatou à nossa equipe, “durante o dia eles discutiram verbalmente, um longe do outro, depois meu marido veio pra casa, tomou banho descansou a tarde toda, e a noite saiu, e determinado momento quando Erivaldo já estava sentado na calçada, começaram novamente um discussão, porque meu marido disse ao ‘LELEU’, Leleu você está desconsiderando a Rua o Bairro, os vizinhos, faça isso não rapaz, ele simplesmente não gostou e por essa questão ele tirou a vida de meu esposo, me deixando cm três filhos para criar”, disse Cleide.
Mesmo nesse momento de dor, dona Cleide encontrou força para pedir justiça e ainda relatou, “eu estava dentro de minha casa, quando me chamaram, meu esposa estava acabando de falecer e morreu em meus braços”.
“Erivaldo era um bom pai, um pai maravilhoso, um marido sensacional, era o homem que era a minha fortaleza, que me ajudou a criar nossos filhos e que hoje não vai poder estar aqui, porque o Leleu acabou com a vida dele” disse Cleide.
Vítima – Erivaldo – Arquivo familiar
ERIVALDO PEREIRA DOS SANTOS, 50 anos, teria entrado em luta corporal com os autores, que de posse de uma faca desferiram três golpes na região lombar, pelas costas além de vários golpes de porrete de madeira.
Os autores encontram foragidos, sendo identificados como JOSÉ HUMBERTO (Leleu) e Leonardo da Silva (Burica).
Blog do Netto Maravilh
0