Janot cogita pedir investigação contra Eliseu Padilha após o Carnaval

fonte: Ag. Senado

A Procuradoria-Geral da República deve pedir a abertura de inquérito contra o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, para investir as declarações proferidas pelo advogado José Yunes, amigo pessoal do presidente Michel Temer e ex-assessor presidencial. De acordo com informações do "Jornal Nacional", o pedido deve ser enviado após o Carnaval por Rodrigo Janot. A investigação também deve apurar as citações ao ministro na delação premiada de executivos da Odebretch. No acordo Cláudio Melo Filho, ex-vice-presidente de relações institucionais do Grupo Odebrecht, o ministro é apontado como destinatário de R$ 4 milhões. Eliseu Padilha segue afastado da função para tratar de problemas de saúde. Ele deverá fazer uma cirurgia de próstata na próxima segunda-feira (27).
0