Pular para o conteúdo principal



Bonfim: Encontro reuniu prefeitos da região para discutir implantação da Policlínica
O prefeito de Senhor do Bonfim e presidente do Consórcio Territorial de Desenvolvimento Sustentável do Piemonte Norte do Itapicuru , Carlos Brasileiro, realizou nesta quinta-feira (09), uma reunião com os prefeitos eleitos e representantes dos municípios que constituem o Território( Andorinha, Antônio Gonçalves, Caldeirão Grande, Campo Formoso, Filadélfia, Jaguarari, Pindobaçu, Ponto Novo e Senhor do Bonfim). O encontro aconteceu no auditório do novo Leste Hotel e teve como finalidade apresentar aos novos gestores a organização e funcionamento do consórcio.
Durante as discussões, foi apresentado aos prefeitos do Consórcio do Território do Piemonte Norte do Itapicuru , a possibilidade da doação do maquinário do antigo Departamento de Infraestrutura e Transportes da Bahia (Derba), extinto com a reforma administrativa da atual gestão estadual. Alguns dos equipamentos usados que podem ser doados ao Consórcio, são os seguintes; máquinas como retroescavadeiras, motoniveladoras e tratores para obras de infraestrutura urbana e estradas vicinais.
Outro assunto amplamente discutido foi a implantação do Consórcio de Saúde. A implantação do Consórcio vai possibilitar a implantação de uma grande Policlínica Regional. O estabelecimento de atendimento médico quando estiver funcionando poderá atender uma população de até 700 mil pessoas e melhorar consideravelmente os serviços de saúde oferecidos a população da nossa região. Gestores e representantes do território do Piemonte da Diamantina também participaram dessa e reunião.
“Essa é a nessa direção a partir de agora, fazer com que as coisas funcionem dentro do Consórcio . Temos muita esperança que possamos dar as mãos e, fazer com que o trabalhe em conjunto, traga muito mais resultados”, falou Carlos Brasileiro, presidente do Consórcio do Território Norte do Piemonte do Itapicuru.
A policlínica oferecerá até 18 especialidades, além de serviços de apoio ao diagnóstico como radiografia, tomografia, ultrassonografia, endoscopia e ressonância magnética. No total, serão construídas 28 policlínicas no estado, ao custo individual de R$ 20 milhões, entre obras e equipamentos, que serão assumidos integralmente pelo Governo do Estado. Já a manutenção será compartilhada entre o Estado, que financiará 40% dos custos, e os municípios consorciados, que vão cobrir os 60% restantes, proporcionalmente à sua população.
Segundo Brasileiro, uma nova reunião acontecerá ainda em fevereiro para discutir a questão que envole os equipamentos do Derba e discutir o processo de implantação da Policlínica. Veja como funciona uma Policlínica no link : https://www.youtube.com/watch?v=NEy5-AZZEnQ
Confira o vídeo do evento no link: https://goo.gl/cdVy7N
Ascom Bonfim
0