sábado, 4 de fevereiro de 2017

Assista: Vídeos mostram troca de tiros entre assaltantes e policiais que terminou com sete mortes no norte de Minas.

Imagens de câmeras de segurança flagram ação de criminosos no Norte de Minas Gerais em um banco da cidade de Mato Verde. A Polícia Civil conseguiu interceptar os bandidos e houve troca de tiros. Sete homens morreram ao tentar assaltar a agência do Banco do Brasil com explosivos. Os vídeos mostram os suspeitos com armas longas e atirando contra os policiais. Também mostra correria e eles sendo atingido.

O primeiro vídeo tem 30 segundos. Ele mostra quando dois criminosos passam andado por uma rua, e um terceiro atrás. Em um determinado momento, um dos bandidos cai no chão. Parece ter sido alvejado. Mesmo caído, ele atira contra os policiais e se arrasta para o canto. Os outros dois homens, se escondem. Nas imagens dá para ver fumaça dos tiros atingindo as paredes.

A segunda imagem, que tem 44 segundos, mostra um outro ponto. Um criminoso, tentando fugir dos disparos dos policiais, passa correndo com uma arma longa nas mãos. O homem chega a se abaixar. Clarões que mostram os disparos aparecem a todo momento, assim como uma fumaça quando os tiros acertam o chão ou as paredes. Pouco tempo depois, o bandido foge e sai do quadro.

Segundo o delegado Renato Nunes Henriques, chefe do 11º departamento da Polícia Civil de Montes Claros, que comandou a operação, a quadrilha é de São Paulo e responsável por ataques recentes a agências bancárias em outras cidades do Norte de Minas, como Monte Azul e São João do Paraíso. O bando vinha sendo monitorado pela Polícia Civil, que descobriu a intenção dos bandidos em realizar um novo ataque ao Banco do Brasil de Mato Verde e preparou uma ação surpresa.

Como estratégia, os policiais ocuparam quartos em um hotel que fica em frente à agência bancária, onde ficaram posicionados atiradores de elite. A polícia também ocupou uma escola que fica na mesma rua do banco. A ação envolveu cerca de 40 homens da Polícia Civil. De acordo com o delegado Renato Nunes Henriques, às 3h, os bandidos chegaram em frente à agência bancária em uma caminhonete, cinco na cabine e três na carroceria do veículo. Eles estavam fortemente armados com fuzis, metralhadoras, carabinas e pistolas.

Renato Nunes disse que foi dada voz de prisão aos bandidos, que reagiram imediatamente com disparos em direção aos policiais, sendo iniciada a troca de tiros. “Mas, como éramos em vantagem numérica e adotamos o fator surpresa, alcançamos um bom resultado na ação”, afirma o delegado. Os policiais se posicionaram nas janelas do hotel e do prédio da escola e se protegeram atrás das paredes. Assim, nenhum deles ficou ferido. Os oito bandidos foram alvejados e sete deles morreram. O único que sobreviveu foi um homem identificado como Wellington Goulart de Aguiar, que seria o líder da quadrilha. Ele levou três tiros nas pernas e em um bos braços. Foi socorrido e está em hospital da região, sob escolta policial.

O delegado Renato Nunes informou que o bando desarticulado em Mato Verde não se limitava a explosão de caixas eletrônicos. Eles também entravavam nos prédios dos bancos e explodiam os caixas-fortes das agências. Com a ação de hoje, Nunes espera que esse tipo de ataque não se repita na região. (Fonte: Estado de Minas / Reportagem: João Henrique do Vale e Luiz Ribeiro)

Assista aos vídeos abaixo:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Policial: Em dia de Guerra de espadas PM mostra seu papel e prende ladrões de Juazeiro que vieram roubar em Bonfim Facebook Tw...