Teixeira de Freitas-BA: Homem mata a esposa a facadas no Bairro Tancredo Neves.



Teixeira de Freitas: Por volta das 23h50 desta segunda-feira, 30 de janeiro, a Polícia Militar foi informada de um caso de homicídio, ocorrido na Rua Porções, no Bairro Tancredo Neves. Chegando ao local, os militares confirmaram o fato e isolaram o local do crime até a chegada da Polícia Civil. A vítima foi identificada como sendo a jovem Leidiane Silva de Jesus, 20 anos de idade, esposa do autor do crime, identificado como Erli Silva Viana, 41 anos. Segundo informações, o casal estava está separado há uma semana e a Leidiane saiu da casa do casal e foi para o Prado.

Segundo o irmão do autor, o Erli não aceitava a separação e chegou a falar que não podia ter deixado a Leidiane ir embora, que tinha que tê-la matado. “Eu dei uns conselhos para ele, que ninguém era obrigado a ficar com ninguém, que não deu certo, que ele arrumasse outra e não fizesse nada a ela”, disse o irmão. Ainda segundo o irmão do Erli pediu demissão do emprego e vivia dizendo que não ia fazer nada a ela, mas, ficou a semana toda ligando para ela vir para Teixeira. “Ele dizia que já tinha arrumado todas as coisas dela e que ela podia ir em paz, e acabou fazendo isso com a Leidiane”, disse.

De acordo com o irmão, o casal morava nos fundos e ele estava dormindo, quando ouviu gritos. Quando ele levantou, o Erli passou correndo por ele e fugiu a pé da residência. Quando ele chegou no quintal, a cunhada estava caída, ainda respirando, mas, rapidamente morreu. A delegada plantonista, Maria Luíza esteve no local, realizou o levantamento cadavérico e acionou o Departamento de Polícia Técnica. Segundo informações dos peritos Paulo Libório e Pedro Paulo, a vítima apresentava três perfurações a faca, sendo 01 no peito esquerdo, 01 na axila direita e 01 no braço esquerdo.

Segundo o perito Libório, a vítima estava sem a roupa de baixo e morreu no quintal da residência. A arma do crime estava próxima ao corpo. Após a necropsia, o corpo foi removido ao IML de Teixeira de Freitas, onde passará por exames de necropsia, em seguida, será liberado aos familiares para velório e sepultamento. Segundo o irmão do Erli, a Leidiane tinha dois filhos, sendo apenas um do Erli, mas, que ele registrou a outra criança. A delegada Maria Luiza instaurou inquérito policial. A Polícia está à procura do assassino. (Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews)


0