segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

38 presos fogem de presídios na Bahia em 24 horas


Vinte e quatro horas,foi o tempo necessário para que 38 detentos fugissem de um presídio e uma cadeia de Salvador e Santo Antônio de Jesus, na Bahia, nesta sexta-feira (13). 

A ação fez com que o governador Rui Costa (PT) exonerasse o diretor da Cadeia Pública do Estado, o capitão da Polícia Militar Fagner Araújo Carvalho, e do diretor adjunto, Paulo Cesar Gonçalves Sacramento. 

Em Salvador, um grupo de 17 detentos serrou as grades de uma cela e fugiu do Complexo Penitenciário de Mata Escura. O fato só foi percebido horas depois, quando os agentes penitenciários da unidade viram os danos nas grades e em três barreiras fixas. 

De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado, os 17 presos são da mesma facção criminosa. Além disso, segundo o sindicato a superlotação da unidade e falta de segurança no local ajudaram na fuga. A unidade prisional de Mata Escura tem capacidade para 808 presos, apesar disso 1.227 presos fazem parte do quadro. 

No interior da Bahia, 21 detentos fugiram da 4ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin), de Santo Antônio de Jesus. 

Os presos quebraram uma barra de ferro de uma das celas e a utilizaram para quebrar os cadeados das demais celas para liberar outros presos. O grupo ainda utilizou cordas, feitas com lençóis, para pular o muro da carceragem. O local tem capacidade para 6 presos, mas 21 estavam na unidade e todos fugiram. 

Nem o delegado plantonista,o escrivão e outros dois agentes que estavam na unidade, perceberam a fuga. A maior parte dos fugitivos responde por tráfico de drogas, homicídio e roubo. Seis detentos já foram recapturados. 
*Fonte: Estadão
Postar um comentário

Postagem em destaque

Salvador: Patamo prende dois traficantes durante ocupação neste domingo Durante rondas na região do Nordeste de Amaralina, equ...