sábado, 3 de outubro de 2015

Homem mata o colega, avisa a esposa da vítima e foge


Um homem foi assassinado com um tiro de espingarda na cabeça por volta do meio-dia desta quinta-feira (1º), nos fundos do condomínio Caraíbas, no bairro Campo do Gado Novo, em Feira de Santana.

De acordo com o delegado Carlos Lins, o suspeito do crime é um conhecido da vítima, identificado como Edson da Silva Santana Júnior, 34 anos, também chamado pelo apelido de Pinto. Ele teria matado Raimundo Santana dos Santos, 54 anos, após uma discussão com a vítima, iniciada na quarta-feira (30).

“Os dois estavam bebendo juntos ontem, depois eles brigaram. Edson foi em casa, pegou uma espingarda e ao retornar deu um tiro no abdômen de Raimundo. A vítima foi levada ao hospital, recebeu alta e foi novamente alvejada pela mesma pessoa com quem bebia. Desta vez, o tiro foi fatal, atingiu a cabeça”, informou o delegado em entrevista ao Acorda Cidade.

O delegado informou também que o suspeito contou para a mulher da vítima o que tinha feito. “A esposa de Raimundo disse que logo após o almoço, o autor do crime passou por ela e a mandou ir para casa porque tinha acabado de matar seu marido”, contou.

A polícia realizou diligências em busca do suspeito e foi à residência dele, localizada próximo à casa da vítima, mas ele fugiu. “Edson não foi encontrado, mas já foi identificado e vamos representar pela prisão preventiva do mesmo”, concluiu o delegado.

Raimundo morava na Rua São Carlos, no mesmo bairro onde foi morto. O motivo da discussão não foi informado.
Com fotos e informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.

Tiroteio entre facções deixa três mortos em Nordeste de Amaralina


Três pessoas foram assassinadas na noite desta sexta-feira (2), no bairro de Nordeste de Amaralina. Segundo informações da polícia, as vítimas ainda não foram identificadas, mas uma delas tinha munições de revólver calibre 38 no bolso.
O confronto aconteceu entre facções criminosas na localidade do Boqueirão.Policiais militares da 13ª CIPM estão no local.
 
 
Com informações do repórter Marcelo Castro 

Gás de Cozinha R$ 38.00 em Serrolândia enquanto em Jacobina R$ 60.00


Um absurdo na cidade de Jacobina, o gás de Cozinha custando R$ 60.00, enquanto no vizinho município de Serrolândia as mesmas empresas que vendem o produto GLP em Jacobina estão vendendo de R$ 38.00.

Eu gostaria de poder entender esta matemática empresarial, perdendo dinheiro ou ganhando demais da conta abusando do consumidor de Jacobina?

Enquanto o ministério público não se manifesta sobre está situação e a câmara de vereadores o pedido inicial é exigir a nota fiscal no valor integral.

Diário da Chapada - A Noticia em Tempo Real!

Carro de funerária capota ao transportar caixões com duas vítimas de homicídio

 Um acidente chocou motoristas que passavam pela BR-101, próximo ao município de São José do Mipibu, na região Metropolitana de Natal, no estado do Rio Grande do Norte. De acordo com informações da página de notícias, Na Ficha da Polícia, um carro de funerária capotou enquanto transportava dois corpos. 
 
Ainda de acordo com as informações da imprensa local, os dois corpos que estavam sendo transportados eram de duas vítimas de homicídios ocorridos no sábado (12), que não tiveram os nome divulgados. O motorista sofreu ferimentos leves. 

Suspeito confessa que atirou após policial rodoviário se identificar durante assalto



Depois de ser baleado, dar entrada no Hospital do Subúrbio, receber alta e ir pra casa, Vitor Vagner Matos Neri, 28 anos, suspeito de atirar na cabeça do policial rodoviário federal Marcelo Caribé Carvalho, 28, durante assalto a uma barraca na Pituba, no dia 24, resolveu se entregar ontem à polícia. Ele foi apresentado à imprensa, à tarde, na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Pela manhã, foram apresentados Idenivaldo Santos de Oliveira, 33, e Paulo Tiago Rabelo dos Santos, 23, apontados como os comparsas de Vitor na ação que resultou na morte do agente. Segundo o titular da Delegacia de Homicídios Multiplos (DHM), delegado Odair Carneiro, responsável pela investigação do caso, parentes do autor do disparo avisaram à polícia que ele iria se entregar na sede da Polícia Civil, na Piedade. Enquanto Vitor se deslocava, na companhia de um advogado, para o local, policiais o capturaram, ainda no bairro. “Familiares de Vitor contactaram o policial e coordenador do SI (Serviço de Investigação) da 6ª Delegacia (Brotas), Paulo Portela, e prometeram que ele se entregaria. Logo no final da manhã, ele marcou na Piedade. Juntamente com equipes do DHPP, da 6ª DT, da força-tarefa composta pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), PF (Polícia Federal) e Superintendência de Inteligência, concretizamos a prisão”, explicou o delegado.

STF autoriza depoimento de Lula na Lava Jato


O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta sexta-feira (2) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ministros do governo dele sejam ouvidos em depoimento em um dos inquéritos da Operação Lava Jato. O pedido para ouvir Lula foi formulado ao ministro pela Polícia Federal. O ex-presidente não é investigado no caso, mas será ouvido na condição de testemunha, como defende o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ou "informante", nas palavras do ministro. A assessoria do Instituto Lula informou que, por enquanto, o ex-presidente não teve acesso ao teor da decisão e por isso não fará nenhum comentário. O depoimento de Lula foi pedido no início de setembro pelo delegado da Polícia Federal Josélio Sousa no maior inquérito da Lava Jato no Supremo: o que tem atualmente 39 investigados e no qual se apura se houve a formação de uma organização criminosa na Petrobras para desvio de dinheiro público e pagamento de propina a políticos. No pedido, o delegado apontou que o ex-presidente pode ter se beneficiado, obtendo vantagens para si, para o seu partido, o PT, ou mesmo para o seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada às custas de negócios ilícitos na Petrobras. Na semana passada, o proc"Para que a condição jurídica das referidas pessoas seja alterada – de testemunhas para investigados – é necessário que a autoridade policial aponte objetivamente o fato a ensejar a mudança do status, o que será oportunamente avaliado pelo titular da ação penal", diz Janot, que é quem comanda a investigação. Embora Lula não tenha mais o chamado foro privilegiado – porque não é detentor de mandato –, o pedido da PF foi enviado ao STF porque o inquérito envolve políticos que só podem ser investigados pelo tribunal.urador-geral da República, Rodrigo Janot, concordou com o pedido, ressaltando porém que não havia nada de objetivo até aquele momento que justificasse a inclusão de novos nomes na investigação. Isso, segundo o procurador, não impede que as pessoas sejam ouvidas como testemunhas.

Homem comete suicídio no município de Itiuba



Na manhã desta, sexta-feira 02 de outubro, um homem de prenome Edvaldo, conhecido como “Pula”, foi encontrado morto vítima de enforcamento.
O fato aconteceu em uma roça próximo ao antigo lixão do bairro da Piaba, onde a vítima residia. Segundo informações de vizinhos, na noite de quinta-feira,durante uma discussão com a esposa, o homem havia tentado agredi-la, de imediato a mulher prestou queixa do mesmo, o que deixou Edvaldo mais transtornado, ainda segundo informações, Edvaldo que apresentava sinais de depressão, saiu de casa durante a madruga, sendo encontrado morto pendurado por uma corda amarrada a um galho de umbuzeiro que fica no interior de uma roça, cerca de 500 metros de sua residência.
Fonte: Portal Itiúba Net

Homem pega arma de PM baleado, encurrala e mata bandido durante confronto


RTEmagicC_crime_RJ_tiros.jpg
Um homem tomou uma atitude inesperada e acabou salvando a vida de um policial militar no Rio de Janeiro. Na manhã desta sexta-feira (2), dois policiais foram baleados durante um confronto com dois bandidos na Avenida Marechal Fontenele, em Sulacap, na zona oeste da cidade.
O sargento Marcelo de Morais, que fazia parte do Grupo de Ações Táticas (GAT) do Batalhão de Olaria, considerada a elite da tropa, foi atingido na cabeça e na barriga. Morais não resistiu e morreu na hora.
Já o cabo Antônio Carlos Dias Leite foi baleado e ficou rastejando no asfalto, tentando fugir dos criminosos. Um homem que estava atrás de um carro, se protegendo dos tiros, decidiu pegar a arma do PM e atirar contra os assaltantes, matando um deles.
Durante o confronto, bombeiros do quartel de Campinho foram acionados e conseguiram prestar socorro ao cabo Leite. Ele foi levado para o Hospital Albert Schweitzer e, segundo informações da unidade, seu estado de saúde é estável.
RTEmagicC_crime_RJ_tiros2.jpgSegundo informações do G1, o outro suspeito conseguiu fugir. O homem, que não teve o nome divulgado, ficou duas horas prestando depoimento na Divisão de Homicídios (DH) e está sendo tratado pela polícia como testemunha do crime.
“Ele viu os policias atingidos, pegou a arma de um deles e atirou contra um dos dois criminosos. Além disso, ele socorreu o policial e ficou para prestar depoimento”.
“Esse comportamento dele nos aponta boa fé e uma atitude bem legal no que diz respeito a população. Ele atuou com heroísmo”, disse o delegado Rivaldo Barbosa, da Divisão de Homicídios (DH) ao site G1.
De acordo com informações do 14º BPM (Bangu), os policiais estavam em uma motocicleta indo para um curso no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap) quando foram surpreendidos pelos criminosos, que também estavam em uma motocicleta.
Com informações do G1


Dois jovens de Ponto Novo foram assaltados no Bairro Oscar Macedo no fim da tarde desta sexta-feira (02). As vítimas foram abordadas próximo ao local aonde acontecem as argolinhas por dois homens encapuzados e armados com facão e fuzil, que mandaram passar uma cerca de arame farpado e entrar no matagal. Lá foram obrigados a deitar, entregar celular e dinheiro e não levantar a cabeça enquanto os criminosos fugiam em direção ao Rio Itapicuru.

Um dos jovens informou ao Portal Ponto Novo que ficaram deitados na mata por pelo menos vinte minutos, por medo de os bandidos estarem por perto. Assustados, procuraram à Polícia Militar para denunciar o ocorrido.

Não se sabe se os assaltantes fazem parte do bando que tentou explodir os terminais de autoatendimento do Banco do Brasil na madrugada, mas pelo tipo de arma que portavam, não é impossível.

Fonte: Portal Ponto Novo

Postagem em destaque

Policial: Em dia de Guerra de espadas PM mostra seu papel e prende ladrões de Juazeiro que vieram roubar em Bonfim Facebook Tw...