domingo, 28 de abril de 2013

Duas pessoas ficam feridas em desabamento de prédio em Salvador


Um prédio residencial de três andares desabou na madrugada deste sábado (27), no bairro do Tororó, em Salvador. O edifício já estava condenado pela Defesa Civil (Codesal), de acordo com informações da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar, confirmadas pelo próprio órgão responsável. A Defesa Civil disse que os moradores foram notificados sobre a condição de queda. Uma das residentes, no entanto, disse que não sabia da orientação.
No desabamento, duas pessoas ficaram levemente feridas e uma delas foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral do Estado (HGE), segundo a PM. Ainda não há informações se elas eram moradoras.
Outro prédio que fica ao lado, também de três andares, foi parcialmente destruído, mas não corre o risco de cair, segundo a Defesa Civil.
O desabamento ocorreu por volta das 3h, em uma localidade conhecida como Portelinha. Bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil e Samu participaram do resgate. Uma perícia ainda será feita para saber o motivo do desabamento, segundo a PM.Marquise desaba
Ainda na madrugada deste sábado (27), uma marquise de um prédio, também de três andares, desabou. O imóvel fica na rua dos Ferroviários, no bairro de Plataforma. Segundo a Defesa Civil, o registro da ocorrência não foi feito no órgão, por isso, não há informações se o edifício corre o risco de desabar.
De acordo com a Central de Polícia (Centel), não houve feridos no desabamento, que ocorreu por volta de 1h30. Mas a rua onde fica o prédio precisou ser bloqueada por causa da fiação elétrica que foi atingida e caiu no chão.
Balanço Codesal
Até as 10h18 deste sábado (27), a Defesa Civil recebeu oito solicitações de emergência. Foram uma ameaça de desabamento de imóvel, uma ameaça de deslizamento de terra, uma avaliação de imóvel alagado, um desabamento de imóvel e quatro deslizamentos de terra.O órgão permanece com o plantão 24 horas atendendo a população pelo telefone gratuito 199. G1

Ufólogo confirma que são óvni nas imagens dos ciclistas em Senhor do Bonfim


Dois ciclistas afirmam que viram um objeto misterioso, parecido com um óvni, sobrevoando a serra do Gado Bravo, na cidade de Senhor do Bonfim, sertão baiano.O local é frequentado por residentes e turistas em busca de aventura.

“A gente saiu para fazer a marcação do percurso da trilha que a gente vai fazer agora. Quando eu levantei o saco de cal, que olhei para trás, escutei o barulho, do tipo máquina de costurar. Aí a nave estava levitando já, a uns três metros da copa das árvores. Eu falei: ‘Igor, fotografa, ali, ali’”, descreve o morador Raimundo Natação. “Eles se esconderam atrás de uma árvore, e tiramos a primeira foto “, acrescenta. O colega, Igor Geovani, descreve a situação. “Fiquei assustado quando eu vi aquele objeto prateado, um prateado bem bonito”, conta.
s fotos foram apresentadas ao ufólogo Jorge Ivan Araújo Leme. “É um óvni, um objeto extraterrestre, de outro planeta, provavelmente. Muita gente não acredita, mas eu acredito piamente [em extraterrestres]. A gente faz parte de um grupo ufológico em que pesquisamos isso constantemente”, avalia.

Jorge Leme explica que naves geralmente aparecem em locais que produzem minérios. “Todo local que produz minérios sempre há aparição de discos ou de objetos não identificados”, conta.

G1 Bahia

JOVEM É ESTUPRADA E QUEIMADA VIVA NA FRENTE DA MÃE EM MURITIBA-BA


De acordo com moradores do Posto Sanca, zona rural da cidade de Muritiba, na noite desta sexta-feira (26), se depararam com um verdadeiro cenário de horror envolvendo uma idosa e a sua filha. Testemunhas informaram a Polícia Militar, que uma residência havia sido invadida por bandidos e que existia muito sangue, fezes e duas mulheres caídas no local. Os policiais atenderam aos chamados e ao chegarem se depararam com uma senhora identificada como Jovelina Fonseca, 64 anos e a sua filha, Célia Fonseca 46 anos, mergulhadas em um rio de sangue.

De acordo com a PM, os bandidos de dados ignorados, invadiram a casa das vítimas, estupraram e queimaram várias partes do corpo de Célia e ainda introduziram o cano de uma arma, tipo escopeta, na vagina da mesma, deflagraram um tiro na altura do seu pescoço e aproveitaram para beber vinho e comer os alimentos que estavam guardados. Toda a ação criminosa foi assistida pela idosa que também acabou sendo espancada, tendo o dedo de uma das mãos, quebrado pelos criminosos.

O fato só foi descoberto por volta das 22h, por vizinhos que notaram uma movimentação estranha e foram ver o que estava acontecendo. “Eles chegaram lá, na hora da novela das sete e ficaram torturando a gente por muito tempo”, alegou Dona Jovelina. Ela foi socorrida para (Upa24hs) e teve que ser transferida para o (HGE), Hospital Geral do Estado. A sua filha chegou a ser socorrida mais já chegou sem vida a unidade de saúde. O corpo será removido para o IML de Santo Amaro

Blog do Gaguinho

Carro capota na entrada da cidade de Jacobina e deixa três pessoas feridas


Neste sábado (27), por volta das 14h30, o veículo Uno Mille de placa policial GTK 7314 com licença de Jacobina vinha entrando em Jacobina quando capotou com três pessoas dentro. O condutor José Orivaldo de Oliveira, o “Dedé” vinha do Distrito do Junco com mais dois ocupantes, sendo eles um homem e uma mulher que não quiseram se identificar, quando na última curva que dá acesso a cidade, ele perdeu o controle do veículo e capotou várias vezes até parar no paredão.

“Dedé” que é funcionário da Empresa Engenforte, foi conduzido até o Hospital Antônio Teixeira Sobrinho por uma ambulância que passava no local. Ele teve um corte profundo no braço e está sendo atendido pelo Dr. Rodrigo, médico plantonista, onde passará por exames.

Segundo um motoqueiro que passava na hora do acidente, “Dedé” ainda conseguiu sair andando do veículo, porém desmaiou em seguida, os outros dois ocupantes tiveram escoriações pelo corpo. “Eu o encontrei no Distrito do Junco e pedir uma carona para Jacobina” disse ainda atordoado o senhor que vinha no carro com ele.

Diário da Chapada