sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Após três mortes, PM descarta esquema de extermínio de policiais em Feira



Após a morte de três policiais em pouco mais de uma semana na cidade de Feira de Santana, a 109 km de Salvador, a Polícia Militar da cidade descartou a possibilidade de um esquema de extermínio de policiais.

"Eu acredito que são fatos isolados. Embora violentos, mas são fatos isolados. Acredito que o fato foi direcionado às pessoas dos policiais, mas não os policiais. Eu não vejo nenhuma ligação de um fato com o outro", declarou à TV Bahia o coronel Ademário Xavier, comandante da região.

O subcomandante geral da PM, coronel Carlos Sebastião Euletério Filho, usou a página da instituição no Facebook para divulgar uma mensagem recomendando cautela aos policiais. "É fato que as notícias chegadas do Estado de São Paulo tem causado preocupação a toda a sociedade brasileira, em especial, aos policiais militares", escreveu. Em São Paulo, a morte de policiais estaria sendo ordenada pelo Primeiro Comando da Capital (PCC) a bandidos em dívida com a facção.

Segundo o subcomandante, "toda área estratégida da Segurança Pública" está acompanhando a situação, mas não encontrou até agora nada que sinalize que os policiais militares da Bahia estão sofrendo ameaças. Apesar disso, ele recomenda cautela a todos. "Verificar com atenção ambiente, as pessoas e os contextos são cuidados próprios da especificidade da missão, sendo esta uma orientação pertinente e permanente para todos os policiais militares", diz a nota.

Neste ano na Bahia foram registrados 26 assassinados de policiais - 24 PMs e dois civis. As informações são do Correio.

Policiais do GATI de Ouricurí-PE cumprem mandato de prisão em Uauá-BA



Com o apoio de policiais militares de Uauá-BA, os Policiais do GATI da Policia Militar de Ouricurí-PE, prenderam nesta quarta-feira (14), o menor de 17 anos, W.P da S, natural de Juazeiro-BA, residente na cidade de Ouricurí-PE, ele estava a aproximadamente um mês refugiado na fazenda Santana e segundo ele ainda não tinha andado da sede da cidade. O mesmo é acusado de vários assaltos em Ouricurí-PE, segundo informações, a mãe do menor visando a liberdade de seu filho, mandou o mesmo para a casa de familiares na fazenda Santana.
A apreensão se deu mediante Mandado Judicial da Comarca de Ouricurí-PE.

Umbuzada.co

VEREADOR ELEITO DE PIRITIBA É MORTO A FACADAS



Segundo informações dos familiares do vereador eleito de Piritiba , Gustavo José Alves de Jesus, de 43 anos, assassinado no povoado do França, o Edil foi morto a facadas após uma discussão ocorrida por volta das 23h30 de ontem, em um bar do povoado do França, localizado na rua Otaviano Souza Santos. O estopim da briga teria sido um comentário feito pela vítima ao dono do bar sobre um outro homicídio que teria acontecido no mesmo local no dia 22 de setembro deste ano.

O proprietário do estabelecimento, irritado, acertou quatro facadas no vereador, que ainda foi socorrido por populares até um hospital da cidade de Miguel Calmon mas segundo a família já chegou sem vida. Revoltados com o crime a população do povoado depredou o bar e tocou fogo na moto do acusado, que fugiu após o crime.

Gustavo, que foi eleito com 436 votos pelo Partido: Partido Social Democrático - PSD, nas eleições de outubro deste ano, assumiria seu segundo mandato de vereador no município. Um de seus irmãos, Vandinho de Fernando, que também foi eleito vereador pela cidade de Miguel Calmon nas eleições deste ano, lamentou muito a morte do irmão. " Era uma pessoa bastante querida e trabalhava muito pelo povo do França, mesmo quando não era vereador. Não merecia morrer desta forma. Espero que seja feita justiça", finalizou o edil de Miguel Calmon. O vereador Gustavo deixa esposa e duas filhas adolescentes.

Bahia Acontece

Bombeiros removem corpo de obeso; caixão especial pesa 50 Kg



O corpo de Wellington Cortes Conceição, 33 anos, o homem de 220 quilos que morreu na madrugada de quinta-feira (15), no Hospital Roberto Santos, em Salvador, foi retirado no início da tarde desta sexta-feira (16) da unidade hospitalar com ajuda do Corpo de Bombeiros. A remoção foi feita com o auxílio do Grupamento Salvar, em uma operação que envolveu pelo menos 15 homens. O caixão de Wellington foi produzido sob medida em Feira de Santana, a 100 km da capital baiana, pesa 50 quilos, tem dez alças, 2,20m de comprimento, 1m de largura e 70 cm de altura.


Do Hospital Roberto Santos, o corpo seguiu para o Cemitério Quinta dos Lázaros, no bairro da Baixa de Quintas, em Salvador. O enterro está marcado para 15h desta sexta-feira.
A família de Wellington acompanhou o processo de remoção do corpo, exceto uma das irmãs dele, de 27 anos, que também sofre de obesidade mórbida e há mais de um ano não consegue sair de casa.
"A gente não quer que ninguém passe por essa situação que nossa família está passando. Meu irmão chegou a esse estado porque ele tinha vergonha da sociedade. Juntou isso à depressão. Ele era um irmão querido. Eu não esperava encontrar meu irmão dentro de um caixão", lamenta Washington Cortes. "Agora nós queremos ajuda para minha irmã, que também tem essa doença. Nao podemos passar por isso de novo", teme.
Segundo a família, Wellington começou a engordar aos 28 anos. Há pelo menos dois anos, parou de trabalhar porque já não conseguia nem andar.
Morte
Segundo as informações dos diretores do Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador, Wellington Cortes Conceição morreu após sofrer duas paradas cardíacas em sequência, na madrugada de quinta-feira.
Ele estava internado na unidade desde a terça-feira (13), após sofrer uma queda em sua casa, no município de Amélia Rodrigues. O corpo de Bombeiros de Feira de Santana usou um guincho para retirá-lo da residência. Ele foi inicialmente levado para o Hospital Geral do Estado (HGE) e depois foitransferido para o Roberto Santos.
Os detalhes com as causas da morte foram divulgados em coletiva de imprensa realizada no Hospital Roberto Santos. Na entrevista, estiveram presentes a diretora geral da unidade, a médica Delvone Almeida, o diretor administrativo, Kerley Ladeia, e o médico da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Luciano Ferreira dos Santos.
Segundo as informações de Delvone Almeida, Wellington teve uma primera parada cardiorrespiratória por volta da 1h da madrugada de quinta, quando foi reanimado pelos médicos da unidade. "Por volta das 1h40, o paciente sofreu uma segunda parada cardíaca e dessa vez, infelizmente, não resistiu às reanimações", explicou a diretora.
O médico Luciano Ferreira de Sousa explica que a obesidade pode ter sido um dos fatores agravantes do quadro. "Toda a situação dele exigia cuidado, por ser um paciente obeso e que já chegou com quadros de dispineia [falta de ar], hipertensão e problemas de circulação sanguínea, causadas pelo problema do peso", explica.
Ainda segundo os diretores, a equipe médica suspeita que uma embolia pulmonar tenha causado as paradas cardíacas. A doutora Delvone explica que "quando a circulação é lentificada, o sangue pode coagular e esses coágulos podem se deslocar e chegar até o pulmão, interrompendo a circulação pulmonar, que é a chamada embolia pulmonar massiva, o que provavelmente aconteceu com o paciente".
Lerley Ladeia falou das necessidades especiais que Wellington teve enquanto esteve no hospital e do comportamento do rapaz. "Ele necessitou de uma cama especial, além de uma cadeira adaptada para que ficasse mais sentado, por conta da dificuldade para respirar. Como pessoa, a todo momento era constatado a vontade dele de reverter o quadro da obesidade. Ele era uma pessoa de bom relacionamento com toda a equipe, sempre otimista", diz.
Entenda o caso
O rapaz foi hospitalizado na sexta-feira após sofrer uma entorse na perna, decorrente de uma queda no banheiro de casa. Após o atendimento no HGE, familiaresdemonstraram o interesse de que Wellington iniciasse um tratamento específico contra a obesidade.
Uma amiga da família, Valdete Alves da Paixão, contou que devido à dificuldade de locomoção, Wellington passava o tempo todo dentro de casa, em Amélia Rodrigues.
Acidente
Solange Santos, esposa de Wellington, informou que após a queda, ela conseguiu tirar o marido do banheiro com ajuda de outras pessoas, mas não foi possível tirá-lo de casa para uma unidade de saúde devido à dificuldade de locomoção. A família acionou o Corpo de Bombeiros local e um guincho para que fosse possível fazer o resgate de Wellington, que durou quatro horas e meia.
Cerca de dez pessoas auxiliaram o trabalho de retirada do morador e uma parede precisou ser derrubada. Uma ambulância da concessionária Via Bahia foi cedida para transportar o paciente até o HGE.
No HGE, oito homens participaram da remoção do paciente da ambulância para uma maca.
Fonte : G1

PACIENTE SE CASA NA UTI DO HOSPITAL REGIONAL DE JUAZEIRO



A manhã da última quarta-feira (14) foi para lá de inusitada no Hospital Regional de Juazeiro (Gestão IMIP): um paciente se casou na UTI da unidade. A cerimônia foi rápida, sem festa e sem qualquer luxo, mas emocionou aos noivos, familiares e funcionários que testemunharam a celebração.
Companheiros há mais de 20 anos, o casal Givanildo Alves Lima e Graça Léa de Souza resolveram oficializar a união há quase três meses, depois que ele sofreu um traumatismo raquimedular cervical e ficou tetraplégico. “A ideia veio dele. Ele sempre sonhou em casar no cartório, de papel passado, mas eu nunca quis. Agora, depois que tudo isso aconteceu, nós resolvemos realizar esse desejo dele, que ficou muito feliz”, comenta a noiva, mal conseguindo conter as lágrimas de emoção.

Procuradora do pai no cartório, a filha do casal, Larissa Emanuelle de Souza, foi quem cuidou de todos os procedimentos para que a cerimônia acontecesse e fosse válida perante a justiça. “Deu muito trabalho, mas, como o meu pai estava consciente, falando, ele pôde manifestar o seu desejo a um representante do cartório que veio ao hospital e eu me tornei sua procuradora. Fui eu quem assinou os papéis do casamento por ele. Toda essa ideia do casamento foi pensada pra deixar ele feliz. Por amor a gente faz tudo”, destaca.

Apesar de totalmente fora do comum, a ideia de realização da cerimônia foi autorizada sem muitos problemas pela diretoria do HRJ, que entendeu o acontecimento como uma maneira de trazer bem-estar ao paciente. “Nós autorizamos que o casamento fosse feito na UTI porque vimos que este era um desejo importante tanto do paciente quanto da sua família. Como esse é um paciente que está vivenciando um estado de dor total (física e psicológica), nós quisemos proporcionar esse momento de conforto a ele. Todas as medidas de prevenção à infecção e todos os cuidados com a integridade física do paciente e com a dinâmica da UTI foram tomadas”, conclui a coordenadora da
UTI do HRJ, Kátia Regina de Oliveira.

Casal morre na BR 116 em colisão entre Corsa e Gol e outras duas pessoas ficam feridas em Serrinha


Um grave acidente no fim da tarde de quinta-feira,15,envolvendo o Corsa, placa CIN-1302/Serrinha e o Gol,placa JLN-5122/Feira de Santana, resultou na morte do comerciante Ademir Antônio da Silva,50 anos,conhecido “Louro Camelô” e sua esposa Lucivanda Lima Silva, 44 anos, moradores do Bairro vaquejada em Serrinha. A mulher morreu no local do acidente próximo ao Motel Hollyood, saída Serrinha/Santa Bárbara, enquanto Louro foi levado com vida ao Hospital Municipal onde morreu 40 minutos depois do acidente, ou seja, a colisão ocorreu ás 17h20 e Louro veio a óbito ás 18h. O casal viajava no Gol.

O motorista do Corsa de identidade não anotada, bem como do seu filho de 10 anos,ficaram feridos, porém sem gravidade. Segundo informações de testemunhas colhidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu quando o Gol, que seguia no sentido Serrinha-Santa Bárbara, invadiu a contramão e bateu de frente contra o Corsa.

Viatura da PM pega fogo em frente à 4ª CIA em Conceição do Coité


Uma viatura Ford Ranger da 4ª Companhia da Policia Militar de Conceição do Coité, número 8.1613, placa oficial JPZ 4674, foi consumida pelo fogo na madrugada desta sexta-feira, 16, em frente à sede da instituição, situada à Rua Wercelêncio Calixto da Mota, centro da cidade. Outra viatura do mesma marca, só que mais nova, número R – 0046 placa oficial NZT 5384/Bahia, que estava estacionada ao lado por pouco não foi também destruída e parte da faixada em PVC não suportou a alta temperatura e caiu.

A polícia aguarda a chegada dos peritos para fazer o trabalho que irá identificar o que causou o incêndio, um sargento da corporação disse ao CN que a guarnição chegou de uma ronda e estacionou o veículo por volta das 03h quando minutos depois o veículo já estava sendo consumido pelo fogo, que ele acredita ter sido provocado por pane elétrica. Foi usado de tudo para conter as chamas, mas não conseguiu evitar a destruição parcial a viatura.

Na madrugada de quinta-feira, 15, e na noite do mesmo dia o fogo levou pânico e prejuízos as agências do Banco do Brasil de Riachão do Jacuípe e Valente. Na madrugada do dia 16, Coité também virou notícia por conta de incêndio.As três situações apontam curto circuito como principal motivo, mas nenhum resultado oficial de perítos.

Por Raimundo Mascarenhas

JACOBINA. Homem é preso por sequestrar e roubar carro de professora


Um homem foi preso em flagrante na tarde desta quarta-feira (14) após sequestrar e roubar o carro de uma professora de 47 anos na cidade de Jacobina, localizada a 330 Km de Salvador.Alisson Mota dos Santos Ribeiro, de 19 anos, foi capturado por policiais militares. Ele e um comparsa abordaram a vítima, de identidade não revelada, quando ela estava estacionando o veículo GM Ágile, cor verde e placa NZJ-4831, nas imediações de uma feira livre de Jacobina.
A dupla entrou pelas portas dos passageiros, que estavam destravadas. A professora informou ainda que foi obrigada a ficar abaixada no banco traseiro enquanto um dos suspeitos assumiu o volante e seguiu para a cidade de Miguel Calmon.
A vítima foi libertada em um matagal às margens da BA-131. Após conseguir se soltar das cordas, a professora foi até a delegacia registrar queixa e prestar depoimento. Policiais civis realizaram, com apoio da PM de Piritiba e da Guarda Municipal, uma barreira que interceptou o veículo roubado.
O comparsa de Alisson conseguiu fugir. Ao ser ouvido por policiais do Serviço de Investigação (SI) de Jacobina, o preso confessou ter roubado também um Fiat Gran Siena de um servidor público do Juizado de Pequenas Causas de Jacobina. A ocorrência foi registrada no dia 5 deste mês.(Correio)