domingo, 11 de novembro de 2012

Carro é incendiado em estrada vicinal e caminhão tomba em Capim Grosso

Um Fiat Uno foi completamente destruído pelas chamas na tarde deste sábado (10), na estrada que liga o Peixe a Capim Grosso, ainda não há informações sobre de quem era o veículo nem se algum ocupante ficou ferido com o ocorrido.
Um caminhão que vinha de Juazeiro para Itabuna carregado de manga tombou no contorno de Feira de Santana após uma peça se partir com o peso da carga. O motorista não sofreu nenhum tipo de ferimento, as policias Militar e Rodoviária estiveram no local para garantir que a carga não fosse saqueada. Texto: Fr Notícias Fotos: FR e Allan Jacobas

DETENTOS TENTAM FUGIR DO COMPLEXO POLICIAL DE SENHOR DO BONFIM

No inicio da noite desta sábado (10), alguns presos do Complexo Policial de Senhor do Bonfim, Norte da Bahia, mais uma vez tentaram fugir. Os presos que tentaram a liberdade ficam na cela cinco do pavilhão grande. Nossa equipe esteve no local e constatou juntamente com a polícia civil e policia militar, que os detentos cavaram um buraco de aproximadamente três metros de profundidade e tentaram esconder todo o barro retirado do buraco atrás de cobertores que estavam estendidos em um varal. Ainda para não atrapalhar a fuga os detentos provocaram um curto circuito na instalação onde todas as lâmpadas das celas do pavilhão grande foram desligadas. Depois que o plano de fuga foi descoberto os agentes que estavam no plantão solicitaram apoio da policia militar. Com a chegada de aproximadamente dez policiais, os agentes se deslocaram para o interior do presídio, e ao chegarem ao pavilhão grande, se depararam com os presos circulando na área do banho de sol. Depois que a iluminação do pavilhão grande foi restabelecida, os presos foram recolhidos para suas celas, sendo que os detentos da cela cinco foram colocados em outra cela uma vez que a grade da cela cinco foi danificada. Os agentes que estavam no plantão estão suspeitando que o plano de fuga foi articulado pelos presos da cela cinco, até porque, todos estavam com os pés sujos de lama. Edicassio Rodrigues da Silva – preso no dia 06/03/2012 Genovaldo Pereira de Freitas – preso no dia 30/03/2011 Lucas Gomes de Souza – preso no dia 27/09/2012 Roberio Ferreira Bonfim – preso no dia 10/10/2012 Paulo Roberto Carvalho Freitas – preso no dia 01/06/2012 Carlos Roberto Alves Jesus – preso no daí 25/08/2012. Devido a fragilidade da cadeia que não oferece nenhuma segurança e a super lotação (90 detentos), alguns presos reclamaram que estão na cadeia a quase dois anos, e nunca foram para uma audiência, eles aproveitaram e mandaram um recado para o delegado e também para o juiz, “até dezembro não fica nenhum preso, vai fugir todo mundo, pode avisar o Tardelli e também o Felipão”, o recado foi dado. Preocupado com a quantidade de presos que tem no complexo, o delegado Delmar Bittencour revelou que vai solicitar do juiz a transferência de alguns presos. Ivan Silva Notícias

Rio Real: Advogado agredido por PMs em janeiro é executado

O advogado Urbano Nascimento Júnior, de 28 anos, foi executado no final da manhã deste sábado (10) em um bairro do centro de Rio Real, De acordo com o sargento Santos, da 6ª Companhia Independente da PM (CIPM), contatado pelo Bahia Notícias, dois homens em uma moto efetuaram os disparos contra o jurista, que morreu dentro do carro, no bairro conhecido como Primavera. Agentes da Polícia Civil realizam perícia no local. No dia 14 de janeiro último, Urbano Junior foi espancado por PMs na porta da delegacia de Rio Real, após ser acionado por um de seus clientes, detido na época por suspeita de um suposto delito cometido. Ao chegar à delegacia, o advogado presenciou agressões físicas praticadas por PMs contra seu cliente. O advogado teria tentado cessar as agressões, mas subitamente um dos PMs agrediu também umas das testemunhas de defesa, o que exigiu nova intervenção do jurista, que acabou sendo retirado à força da unidade policial por seis PMs, que o agrediram física e verbalmente. Na ação, Urbano Júnior chegou a ficar desacordado e precisou ser levado ao Hospital Municipal de Rio Real. No dia seguinte, ele submeteu-se a exame de corpo de delito. A Ordem dos Advogados do Brasil, seção Bahia (OAB-BA), enviou na época ao governador Jaques Wagner, ao secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, e ao Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Castro, um pedido de providências "necessárias e urgentes" para punir os militares que teriam "desrespeitado o exercício profissional da advocacia". Segundo familiares da vítima, ouvidas pelo site, um dos PMs agressores teria sido desligado da Corporação nesta sexta (9), após ser condenado pela má conduta. Procurada, a assessoria da PM não confirmou o desligamento do militar, mas garantiu que prestaria esclarecimentos sobre o assunto. O crime chocou a população, já que o advogado era bastante conhecido na cidade por atuar nas camadas mais pobres do município. (Bahia Noticias) Urbano Júnior foi executado por dois homens em uma moto