domingo, 5 de agosto de 2012

Candidato a prefeito do PT morre após comício em Arataca

vice-prefeito de Arataca, Rozano Sá (PT), de 39 anos, morreu na tarde deste sábado (4) na cidade de Camacã, segundo informações do site O Tempo Jornalismo. Ele era candidato à prefeitura e participou do evento “Fala PT” pela manhã. O petista começou a passar mal e foi encaminhado para a Fundação Hospitalar de Camacã, mas não resistiu. A suspeita é de que ele tenha sofrido um infarto. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna (DPT) para ser necropsiado. O político chegou a assumir a prefeitura de Arataca por 11 meses em 2011, quando assumiu o lugar de Agenor Bichiner

MULHER ATEIA FOGO NO MARIDO EM JAGUARARI


Foi vitima de um crime bárbaro na noite de sexta-feira (05/08), o funcionário público JOSÉ AUGUSTO, mais conhecido como gugu. Segundo informações a mulher de gugu que é evangélica, que não teve o nome revelado, tinha acabado de chegar do culto, e por motivo ainda não explicado a mesma jogou álcool no corpo do marido e depois ateou fogo, onde o mesmo foi socorrido para o hospital de Jaguarari, com boa parte de seu corpo queimado, logo após dos primeiros atendimentos, José Augusto foi enviado para o município de Juazeiro onde segue internado em estado grave.
IMAGEM GOOGLE

Cinco pessoas feridas a bala e um veículo incendiado durante tumulto no centro da cidade de Riachão do Jacuípe


Cinco pessoas foram feridas por disparo de arma de fogo e um veículo foi incendiado na noite de sábado (04), durante um suposto desentendimento entre dois irmãos e um homem que se apresentou como policial militar na Avenida Landulfo Alves, na cidade de Riachão do Jacuípe. O fato aconteceu por volta das 23hs em frente à pizzaria de Gai, um dos pontos de maior concentração na avenida. Segundo o pintor residencial Vanilson de Gino Araújo, 42 anos, tudo começou quando um grupo de pessoas estava concentrado em frente ao estabelecimento comercial e um homem que se identificou com policial tentou passar pelo local, iniciando uma discussão com os irmãos conhecidos como Sólon e Cícero. Ele não soube explicar o que motivou a discussão, porém em um determinado momento o suposto policial teria descido do carro, um veículo Fiat Pálio e foi agredido por populares, tendo neste momento sacado uma pistola 380 e, segundo o pintor, como forma de se defender, começou atirar para o chão. O pintor contou ao CN que o homem dizia ser policial e todos os disparos foram feitos de sua arma, mas em nenhum momento apontou para as pessoas e que diante da aglomeração popular que começou a quebrar seu carro, ele fugiu com destino ignorado e de repente viu que o carro já estava em chamas. Gino não soube dizer quem ateou fogo no carro. Na correria, cinco pessoas, segundo populares, conhecidas na cidade por Anderson fotógrafo, Nego do material de construção, Pascoal e os irmão Sólon e Cícero foram feridas a bala e o homem que se identificou como policial sofreu uma tentativa de linchamento. As vitimas deram entrada no Hospital Municipal e depois foram transferidos para a emergência dos Hospitais Clériston Andrade, em Feira de Santana e Geral, na capital do estado. Uma multidão, entre parentes e as pessoas que participaram de um comício na Avenida Eliel Martins, se concentrou em frente ao hospital em busca de informações, até as vitimas serem transferidas em três ambulâncias, sendo duas da Prefeitura. Vanilson de Gino, disseram que eram militante do PDT, ou seja, do “12”, como a legenda é conhecida na cidade e a todo instante repetia que o fato não tinha relacionamento com o processo eleitoral. “Isso que aconteceu não tem nada haver como política partidária”, falou o pintor. Duas guarnições da Companhia Litoral Norte (CIPE), sob o comando do tenente Anderson, compareceu ao hospital em busca de mais informações e disseram ao CN que só o comando central poderia conceder mais informações e não confirmou que o motorista do pálio era policial. Outra fonte, que pediu para não ser identificada, informou que o motorista era realmente policial lotado na CIPE, estava em sua folga e havia se dirigido ao centro da cidade para comprar uma pizza e ao retornar se deparou com esta situação. Até o fechamento desta matéria ninguém havia sido preso, o motorista e as pessoas que atearam fogo no carro não foram identificados. Por: Valdemí de Assis / fotos : Éder Araújo

Acidente com vítima fatal na zona rural de Queimadas

Um acidente na tarde deste sábado (04), por volta das 15:30 horas na zona rural de Queimadas levou a óbito Josevaldo Ferreira do Sacramento, 38 anos, e deixou hospitalizado José Silva dos Santos, condutor do veículo. A ocorrência se deu nas imediações da fazenda Pau de Colher, estrada do Distrito de Riacho da Onça, onde um Pálio de placa policial JPF 9534, de Salvador capotou por várias vezes provocando a morte instantânea do carona, natural de Candeal e residente no povoado queimadense de Gregório, ficando o corpo preso nas ferragens. O proprietário e condutor do veículo, José Silva, natural de Valente e atualmente residente na capital baiana sofreu ferimentos leves sendo conduzido ao hospital municipal Dr. Edson Silva, onde foi atendido pelo médico plantonista Dr. Erivaldo Soares e em seguida liberado. Informações e fotos: Cidicleiton Souza

Postagem em destaque

Policial: Em dia de Guerra de espadas PM mostra seu papel e prende ladrões de Juazeiro que vieram roubar em Bonfim Facebook Tw...