segunda-feira, 2 de abril de 2012

Sr do Bonfim: Oficiais do Exército, Marinha a Policia Militar dão exemplos de mal comportamento

por WalterlePor ter sido impedido de ter acesso às dependências do Campo Clube, local onde estava sendo realizada uma festa na noite do ultimo sábado (31), um oficial da policia militar não gostou de ser barrado e acabou entrando em luta corporal com o segurança que tomava conta da portaria.

O segurança que procurou a policia para registrar queixa, contou que havia recebido ordens dos organizadores da festa para barrar policial militar que por ventura quisesse entrar sem pagar ingresso.

Segundo relato, um capitão da PM que não teve o nome revelado, chegou na portaria e em vez de apresentar o ingresso, o oficial teria apresentado a carteira de capitão. O segurança não deu a mínima para a carteira e disse que o oficial não iria entrar, e os dois acabaram entrando em luta corporal.

Nos últimos dias três casos envolvendo oficiais foram parar no complexo policial de Senhor do Bonfim, pelo menos, até agora, a marinha, o exercito e a policia militar estão dando mal exemplo.

Um tenente do exercito foi conduzido por está embriagado e ter desacatado o delegado Felipe Nery. Um sargento da Marinha agrediu verbalmente um motorista da empresa de transportes São Luiz, e agora, um oficial da Policia Militar não gostou de ser barrado porque queria entrar na festa sem pagar, e ainda saiu na briga com o segurança da festa.

y Kuhin

SENHOR DO BONFIM.Acusado de matar a esposa por espancamento, João Macedo vai prestar depoimento nesta terça




Acusado chegando ao Fórum para depor.
O investigador da Policia Civil, João Macedo dos Santos acusado de na noite do último dia 30 de outubro, do ano passado, matar a esposa, Marcia Regina,com requintes de muita crueldade e perversidade, vai prestar depoimento nesta terça-feira(03), no Fórum Desembargador Edgar Simões, em Senhor do Bonfim.
João Macedo, falará pela primeira vez. Macedo esteve em Bonfim, no dia 14 de fevereiro, mas não prestou depoimento pelo fato de uma das testemunhas de defesa não ter comparecido. Na última audiência, uma testemunha acabou sendo presa por falso testemunho.
No mesmo dia da prisão, já no Complexo Policial, a testemunha presa, contou que havia mudado seu depoimento, por ter recebido de Renato Macedo, irmão de João, proposta de trabalho e vantagens financeiras.Renato Macedo, também foi indiciado. João Macedo, simulou um acidente de carro para tentar fugir da acusação, ele contou com a participação do irmão na encenação. Marcia, foi algemada e espancada até a morte.João Macedo, ainda foi para o velório, sepultamento e misssa de sétimo dia de Márcia, mesmo depois da sessão de tortura seguida de morte

CRIME.Cinco homens são presos com explosivos em Euclides da Cunha


Cinco homens foram presos na madrugada deste domingo (1º) com explosivos durante uma abordagem policial na cidade de Euclides da Cunha, localizada a 315 km de Salvador.Segundo informações da Delegacia Territorial (DT) do município, os homens estavam a bordo de um veículo Gol, cor branca, quando se depararam com a abordagem realizada pela CIPE-CAATINGA na BA-220.Ao ver os policiais, o grupo tentou fugir e começou a jogar bisnagas de gel explosivo, conhecidas como bananas de dinamite e de lote IBGEL 3724/02/10, para foram do carro.

Foi com a montagem de um cerco que a quadrilha foi abordada por volta volta das 2 horas da manhã. Foram presos, José Milton Ribeiro dos Santos, 34 anos, que já cumpriu pena por tráfico de drogas em Euclides da Cunha e Uauá, Laudimilsson Ferreira dos Santos, 29 anos, Rosalvo Joaquim Santana, 43 anos, Roque Matos dos Santos Filho, 26 anos e José Raimundo Ribeiro dos Santos, 28 anos, sobrinho de José Milton.
Com eles foram apreendidos 5 bisnagas – três dentro do veículo e duas jogadas no caminho, cinco celulares, cerca de R$ 300 reais em dinheiro e cartões de crédito.
Em depoimento, o grupo contou que roubou as bisnagas em construções de pontes na região, informação que não procede após a investigação policial.
A quadrilha foi autuada pelo titular da DT, Paulo Jazon de Melo Falcão, em flagrante por porte de explosivos e formação de quadrilha. Os acusados estão presos na carceragem da delegacia à disposição da Justiça

Postagem em destaque

Doria chama Dilma de 'anta' e Lula de 'cara de pau' durante palestra em SP Foto: Leitor BN O prefeito de São ...